sábado, 10 de novembro de 2007

DIVÓRCIO


PAI COXO SEM DIREITO A CUSTÓDIA

Se é coxo, não está habilitado a cuidar dos seus filhos. É pelo menos esta a convicção da Juiza que, em Barcelona, negou a custódia conjunta dos filhos a um pai, alegando entre os motivos, a sua ligeira deficiência causada por uma poliomielite na infância.
A notícia avançada pelo El País conta que o homem é Joan Castañé, nadador e um dos desportistas paraolímpicos espanhóis mais medalhado.

A noticia que aqui deixo vinha no Mundo à Sexta, suplemento do Jornal a Bola

Comentário:

Para mim, a Juiza que proferiu tal sentença é que era a verdadeira coxa.... mas da cabeça...
Que mundo este...

José Gonçalves

12 comentários:

Vieira Calado disse...

Os juízes e as juízas estão cada vez pior!
Boa noite

Sophiamar disse...

Penso que esse não era motivo que pudesse contar na entrega da custódia das crianças ao pai. Outros motivos poderiam ter levado a juíza a tomar tal decisão mas essa, a ser invocada no processo de divórcio é, de todo, injusta. Nesta situação, a tradição ainda é o que era e é geralmente à mãe que entregam as crianças embora saibamos que muitas ficariam muito bem entregues aos pais.
Deixo-te beijinhos e desejo-te uma boa noite.

Isabel

Maria disse...

Não tem justificação....
Menos mal que não é só por cá que há aberrações na justiça... e noutros lados...

Abraço

Brancamar disse...

Incrível que no século XXI ainda existam semelhantes preconceitos!Como pode ser possível que pessoas formadas e com responsabilidades na vida pública deiam semelhante exemplo de tacanhez à sociedade?
Essa Juíza deveria ser obrigada a fazer uma formação de valores humanos que a habilitasse melhor para as suas funções.
O direito à diferença continua a não encaixar na cabeça de alguns!
Para si José Gonçalves um abraço e votos de bom fim de semana.

elvira carvalho disse...

Eu diria que a essa sr. Juíza, ou juízo é coisa que não tem, ou subiram-lhe os intestinos à cabeça.
Bom Domingo
Um abraço

Belisa disse...

OLá

Acho que dentro da justiça houve uma grande injustiça e é pena que estes e outros casos aconteçam.

Bom Domingo

beijos estrelados

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Vieira Calado

Sinceramente não consigo entender que conceito de justiça terá uma Juíza destas....
Tenha um bom domingo
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Sophiamar

Pois, é provável que outras razões estejam na base desta decisão, mas evocar um defeito.... não lembra ao diabo.
Ando a ler umas coisas de arrepiar e um dia destes conto-as.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Maria

Bom dia.
Porque só hoje me foi possível responder.
Sim parece que afinal estas aberrações andam por todo o lado.
A humanidade não mostra melhoras...
Lamentável.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Brancamar

Acho que nos tempos que correm poucos são os que entendem as decisões de certos juízes. Os conceitos de justiça não são iguais para todos, e ainda bem pois assim sabemos de que lado estão o bem e o mal.
Suponho que esta Juíza não se deve ter baseado só nesta pequena diferença que este espanhol tinha, mas evocá-la como uma das razões...
Não sei onde isto irá parar...
Por isso muita gente hoje em dia não acredita na justiça.
Um abraço e um bom domingo.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Elvira.

Hoje estou de "serviço" às festas em honra de São Martinho e dessa forma tenho vindo até aqui aos poucos.
O seu comentário, vi-o logo pela manhã e fez-me sair de casa com um sorriso de orelha a orelha.
Concordo inteiramente consigo, acho que as decisões desta Juíza cheiram muito mal...
Um abraço e um bom domingo
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Belisa

De novo estrelas no meu caminho. Que bom. Recebo-as sempre de braços abertos.
Esta é uma pequena história de uma pobre Juíza que provavelmente tirou o curso na praia...
Um abraço e um bom fim de semana
José Gonçalves