domingo, 4 de novembro de 2007

BOM DIA E BOM DOMINGO





A Tuna Académica de Lisboa delicia-nos com esta versão de Sérgio Godinho. "LISBOA QUE AMANHECE".
Para além de ser feito por jovens, e eu ser um fã incondicional de Tunas Académicas,este pequeno filme tem uma particularidade que me envaidece, é que entre este punhado de jovens está meu filho Gonçalo. Para ele o meu grande beijo de amor e gratidão.

14 comentários:

São disse...

Para ti e para o Gonçalo o meu carinho!
Foi um bom começo deste Domingo, que vos desejo feliz!

Jose Gonçalves disse...

Bom dia São

Obrigado pela tuas palavras minha amiga. Daqui a pouco também te retribuirei a visita.
Passa um óptimo domingo.
José Gonçalves

aramis disse...

Olá boa tarde meu amigo,
Não sabia que o teu filho andava nestas "lides" culturais tão interessantes! Parabéns ao pai "babado" e também ao Gonçalo...
"Quem sai aos seus não degenera!"

Beijinhos para voçês e um optimo domingo!

Jose Gonçalves disse...

Boa tarde minha amiga

É verdade, os meus dois filhos mais velhos, estão ambos formados e pertenceram às Tunas Académicas das suas faculdades. O meu filho Gonçalo, mesmo depois de formado ainda pertence a esta Tuna Académica de Lisboa. Ainda não há muito tempo, esta Tuna esteve em Alfeizerão na Pousada da Juventude a passar uns dias e a ensaiar.
Obrigado pelas tuas palavras elogiosas, mas sabes quem tem 5 filhos sujeita-se a ser um "pai babado" que é o meu caso.
Um abraço para ti e um bom domingo.
José Gonçalves

Maria disse...

Assim sendo, eu estive com o teu filho na Voz do Operário, na homenagem ao Adriano....
Aliás, é lá que a Tuna ensaia, não é mesmo?

Bom domingo

Jose Gonçalves disse...

Olá Maria

Vês como o mundo é pequeno.
Penso que sim, mas sabes que eu como vivo em São Martinho do Porto estou um pouco afastado das lides do meu rapaz.
Da próxima vez que falar com ele vou perguntar, mas penso que sim pois há uns tempos julgo que me disse exactamente isso.
Um abraço.
Resto de bom domingo
José Gonçalves

elvira carvalho disse...

Olha para ele todo babado. Também amigo por quem é que a gente vive e luta tanto?
O amigo é um homem rico. Cinco filhos é uma grande riqueza espiritual e afectiva. Infelizmente eu só tenho 1. O Pedro de 27 anos.
Parabéns a si e aos seus filhos.
Três rapazes e duas meninas?
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Elvira

Pois é verdade são cinco filhos.
A Joana de 35 anos, o Bruno de 33 anos, a Marta de 27 anos, o Gonçalo de 25 anos e o Pedro de 16 anos.
Quanto a netos são três.
O Ricardo de 12 anos, a Mariana de 8 anos e a Beatriz de 6 anos.
Como vê este é o meu tesouro.
Rapazes, formados, menos o mais novo que vai a caminho. Raparigas, casadas. E pronto.
É uma casa cheia.
Um abraço
José Gonçalves

Maria Faia disse...

E não é que está aqui mesmo um papá todo babado?! Todo vaidoso, sim senhor!...
Mas tem razões para isso meu Amigo. Quem tem uma família como a sua deve mesmo sentir-se vaidoso.
Eu só fui capaz de fazer um filho... O meu Sérginho (de 21 anos). Bem que eu queria ter feito mais mas, as tentativas não surtiram o efeito desejado.
Pouca habilidade...

Beijo Amigo,
Maria Faia

Sophiamar disse...

Ena, o que por aqui vai. Pai babado? Só podia ser! Cinco filhos que, pelo pai que têm,só podem ser cinco diamantes. Eu só tenho um rapaz,meu tesouro, toca piano desde muito pequenino, mas nunca pertenceu à tuna académica da sua faculdade (IST).
Olha, já agora, dá beijinhos a todos eles.E à mãe que tão bela prole teve.
Beijinhosssssssssss

Jose Gonçalves disse...

Sophiamar

Obrigado e darei um grande beijinho à mãe.
Sou realmente um homem de sorte.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Maria Faia

Não diga isso. Habilidade não lhe faltou de certeza.
Um grande beijinho de amizade
José Gonçalves

Gonçalo. disse...

Boas tardes.

Desde já o meu obrigado pelo visionamento do nosso filme, um video amador com o simples intuíto de nos dar a conhecer mais um pouco.

A Tuna Académica de Lisboa, TAL para os amigos, não é uma tuna representativa de uma faculdade em particular, mas sim da Academia de Lisboa. Acolhemos estudantes, trabalhadores, casados, solteiros, pais de família e ainda gente muito jovem, que tem em comum o facto de ter frequentado ou frequentar qualquer estabelecimento de ensino superior de Lisboa. Este carácter de "projecto de vida" permite-nos encarar a música de uma forma amadora, seguindo as nossas vidas numa dualidade acolhedora, entre a música e a nossa vocação profissional. Alguns de nós acabam por ter a felicidade de cruzar estes dois caminhos, já que meio de engenheiros, publicitários, advogados, marketeers, consultores, ..., temos também alguns estudantes de música, profissionais da música e professores da mesma.

É um grupo com uma riqueza muito grande, que me permite aprender a cada momento de convívio, hoje e sempre, focado na boa música portuguesa, e nos autores que por vezes caiem no esquecimento, como Ary dos Santos, Simone de Oliveira, José Luís Tinoco, José Afonso ou Amália Rodrigues.

Neste projecto, além dos fundadores e dos candidatos que hoje entraram e amanhã serão o futuro deste projecto, há duas pessoas a quem devemos um obrigado para todo o sempre, ao Maestro Jorge Teixeira, e a pessoa colectiva "A Voz do Operário" a quem agradecemos na pessoa do Sr. Victor Agostinho, que nos acolheu tão ternamente em tão bela instituição, local este que é o nosso local de ensaio. Como não pertencemos a nenhuma universidade em particular, não temos apoios, por isso somos das poucas tunas de Portugal que existem como fundação juvenil sem fins lucrativos, convivendo não só com o mundo estudantil, mas também saindo do tradicional circuíto do mundo das tunas. Caso concreto, é o espetáculo de Homenagem a Simone de Oliveira, e o Festival "Cantar Abril" que muito honrosamente vencemos na categoria de melhor adaptação musical. Este prémio possibilitou-nos um encaixe financeiro com o qual podemos finalmente pensar na edição no nosso disco.

Queria também agradecer tantos comentários de carinho, mas em particular à Srª Maria, que assistiu ao nosso espetáculo de homenagem ao grande poeta cantor Adriano Correia de Oliveira, onde tocámos e cantámos o "Cantar de Emigração".

É com muito orgulho que dia 4 de Dezembro fazemos 10 anos de existência. 10 anos a cantar Sérgio Godinho, Simone de Oliveira, Amália Rodrigues, Carlos do Carmo, José Afonso, Paulo de Carvalho, Astor Piazolla, Fernando Tordo, João Villaret e tantos outros autores que nos orgulham da nossa música, e também da boa música que se faz lá por fora.

Muito mais haveria para dizer e contar, mas essas serão histórias que poderão acompanhar com a edição do cd, e a remodelação do nosso site. Fica no entanto o endereço do já velinho site, agora em remodelação:

www.tal.pt.vu


O meu obrigado,
Um bem haja,
Gonçalo.

Jose Gonçalves disse...

Pois é amigo Gonçalo

Obrigado por me ter visitado, embora nos conheçamos e o meu querido amigo ter passado com os olhos em diagonal sobre a postagem que fiz do vosso pequeno filme.
Se voltar a ler, perceberá rapidamente quem sou e depois vou ficar à espera desse novo contacto mas pessoalmente.
Uma boa semana!
Abre-me esses olhos e limpa bem os óculos...
José Gonçalves