terça-feira, 6 de maio de 2008

HÁ CADA UMA ! ! !


*

Mãe de 81 tira chave e mesada de filho de 61 anos!


Esta cena passou-se o ano passado, creio que no mês de Agosto, mas não podia deixar de a publicar hoje, pois só agora tive dela conhecimento. E porque na vida o importante é sorrir e ser feliz, nem que seja só num "faz de conta", aqui fica a partilha. Sorriam pois... e passem uma boa noite!


Após diversos avisos sobre a hora de voltar para casa à noite, uma mãe que vive na província de Catania, na região da Sicília, Itália, perdeu a paciência e resolveu punir seu filho, tomando-lhe a chave de casa e cortando-lhe a ‘mesada’. O que chamou a atenção para o caso foi uma peculiaridade: a mãe tem 81 anos e seu filho, 61 anos.

De acordo com informações do jornal local La Sicilia, ela revoltou-se e foi até a polícia do município de Caltagirone para tentar convencer o “teimoso do filho a comportar-se melhor com ela”. Em seguida, teve que ouvir as críticas do sessentão: “Ela comporta-se mal e dá-me uma ‘mesada’ insuficiente. Além disso, não sabe cozinhar como deve ser”, afirmou.

A aposentada sempre viveu com o filho, que é solteiro, desempregado e parece não demonstrar interesse em deixar a casa da “mamã”, segundo o jornal La Repubblica. Um polícia tentou acalmar os ânimos dos dois e, depois de alguma conversa, conseguiu convencê-los a tentar viver juntos novamente.

“O meu filho não me respeita”, desabafou a aposentada na polícia. “Ele não me diz aonde vai à noite e volta tarde para casa".

Para puni-lo, resolveu tirar-lhe a chave, trancando a porta e deixando-o do lado de fora de casa, depois de ter aguardado por ele mais de uma hora. "Ele nunca fica contente com qualquer coisa que eu lhe preparo e há sempre um motivo para se lamentar. Assim não podemos continuar”, desabafou a pobre senhora.

Mãe é mãe.... BOLAS!

Foto da Net

Texto: Terra

António Inglês



10 comentários:

Filoxera disse...

Há que respeitar!
Não deve ser "fácil", ter um menino assim...
Esta é uma história curiosa.
Beijinhos.

elvira carvalho disse...

Pois não me lembro do mês, mas li a notícia já à um bom tempo.
Um abraço

Brancamar disse...

António,
Uma notícia destas a esta hora é mesmo para ir a sorrir para a cama.
Mas, se o filho não gosta de trabalhar a pobre senhora tem mesmo que o educar, se é que ainda vai a tempo!
Fica bem.
Beijinhos

Dalinha Catunda disse...

Antonio,
Esse não tenho dúvidas é o famoso "Filho da Mãe"
Sou mãe de dois filhos, e sei que os filhos são reflexo da educação que damos a eles ao longo de suas vidas.Os limites que mais tarde são traduzidos como respeito devemos impor desde cedo.
Um abraço,
Dalinha

M.A. disse...

Claro que temos que ler isto com um sorriso nos lábios e, dizer a esta mãe: _Vale mais tarde...do que nunca.

António Inglês disse...

Filoxera

Pois não, e logo "um menino" destes... malandreco e vadio...
Beijinhos
António

António Inglês disse...

Elvira

Só agora vi a noticia e achei engraçada por isso a partilhei, porque a vida também se faz de episódios alegres... ou tristes do ponto de vista desta ... mãe..
Um abraço
António

António Inglês disse...

Branca

Penso que o verdadeiro problema não será de agora, mas sim de há muito pela educação que deu a este filho...
Beijinhos
António

António Inglês disse...

Dalinha

Mais uma vez obrigado pela sua visita.
Tem toda a razão, e educação deveria ter sido dada desde pequenino e portanto se ela tivesse sido bem dada, seguramente que nesta altura a situação não seria esta.
Deixo-lhe um beijinho deste lado do Atlântico.
António

António Inglês disse...

m.a.

Não sei se vale mais tarde que nunca neste caso pois um filho assim... não lembra ao diabo..
Se tudo tivesse começado de pequenino...
Um abraço
António.
PS. Obrigado pela sua visita e venha sempre que lhe apetecer, nem precisa bater que a porta está sempre aberta.
António