terça-feira, 23 de outubro de 2007

KATE McCANN QUER ABANDONAR A MEDICINA


O jornal espanhol de Barcelona, LA VANGUARDIA.es on-line, edição de 23 de Outubro de 2007, publica a seguinte notícia sobre os próximos projectos de Kate McCann.

La madre de Madeleine quiere abandonar la Medicina para dedicarse al cuidado de niños

Londres. (EFE).- Kate McCann, la madre de Madeleine, la niña de cuatro años desaparecida hace más de cinco meses en el sur de Portugal, desea dejar la práctica de la medicina para dedicarse al cuidado de niños.

Así lo informa hoy el vespertino "Evening Standard", que añade que Kate solía hacer suplencias de un médico de cabecera dos veces por semana.

Su marido, Gerry McCann, quiere, por el contrario, reintegrarse antes de fin de año a su puesto de cardiólogo en el hospital de Leicester.

Los amigos del matrimonio describen a Kate McCann como una "madre estupenda" y no pueden creerse la teoría de la policía portuguesa, que la considera sospechosa de la misteriosa desaparición de su hija.

Desde que Madeleine desapareció, el pasado 3 de mayo, en la localidad de Praia da Luz (Algarve portugués), los McCann se han volcado en una campaña internacional de búsqueda de la pequeña y han lanzado una iniciativa para ayudar a padres con hijos desaparecidos durante sus vacaciones, como es su caso.

Según el "Evening Standard", muchos creen que Kate McCann está, por su drama personal, en condiciones de ayudar a padres y a niños que sufran el trauma de una desaparición de ese tipo.

O curioso da noticícia, são os muitos comentários que os leitores deste diário de Barcelona fazem ao caso. Vale a pena passar por lá: http://www.lavanguardia.es/. Não são comentários de portugueses.

O meu próprio comentário é só um. É pena que Kate MacCann só agora queira abandonar a medicina para se dedicar a cuidar de crianças. Se o tem feito antes da noite fatídica do desaparecimento de Madeleine, talvez ainda tivessemos a menina entre nós. E bastar-lhe-ia ter-se dedicado a tomar conta de apenas três crianças, as suas.

10 comentários:

elvira carvalho disse...

Bom dia josé:
Vai perdoar-me mas sobre este casal eu não falo. Estou em greve.
Já vi que foi ao "Coisas Minhas."
Desculpe ter-lhe pedido para passar mas eu gosto da sua opinião.
Obrigada pelos comentários.
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Elvira

Parece mesmo que estamos ao telefone, como dizia ontem.
Eu sobre este casal acho que muito ainda estará por dizer, e como estas coisas só são possíveis de acontecer a quem se movimenta muito bem em certos meios...
Fui ao "Coisas Minhas" pois. E fez muito bem em ter-me lembrado porque desapareceu-me dos meus favoritos e perdi-o de vista.
Obrigado pelas suas palavras.
Um abraço e um bom dia
José Gonçalves

ANTONIO DELGADO disse...

Amigo José Gonçalves,


Desde a ultima vez que estive e parece-me que foi por setembro houve mudanças na blog e até pensei que não era ao seu, mas era e ainda bem. passo para dar-lhe um abraço e para dar os parabéns pela internet nos possibilitar ler informações noutros jornais....e saber coisas doutras latitudes uma grande ferramenta esta a da WEB WORLD WIDE (WWW). E se não fosse assim o caso da criança no Algarve nunca teria a dimensão que tem. Escala planetária. Quanto à mãe da criança é uma mulher bonita mas tem algo que não me atrai...são dessas coisas quimicas que racionalmene não sabemos dar explicação.

Um abraço
António

Ps. Acho que no gentes havia la qualquer comentario para si faz algum tempo e parecia estar em postagens comuns que não eram as suas.

Jose Gonçalves disse...

Olá António

Na realidade hoje estamos em todo o lado, a qualquer minuto e tudo se sabe.
Maravilhosos mundo este, onde pensei que me seria difícil entrar mas no qual me estou a integrar relativamente bem.
Quanto a esta notícia meu amigo, eu nem sei o que lhe diga.
Também não me atrai mesmo nada esta Kate McCann, e para ser sincero, nem como mulher me diz seja o que for.
Penso que ficarão muitas coisas por revelar...
Um abraço
José Gonçalves

PS. Tentarei ver qual o comentário que se dirigia a mim no Gentes e Frentes.

Cátia disse...

Ola José,

Muita coisa já se disse destes pais, já passaram de coitadinhos aos mais terriveis. Sinceramente desde o inicio que me revoltou o facto de terem deixado SOZINHAS 3 crianças!! Até porque pode ser marcante, os bebes acordarem (nao acordariam porque sabemos agora que estavam medicados) sozinhos num espaço estranho.

Seja qual for o desfecho deste caso, não há nada que traga de volta aquela menina. Agora tudo oo que os pais façam apenas é show off para a imprensa e para tentar manter a opiniao publica um pouco a seu favor (o que ja duvido).

Beijinho

Jose Gonçalves disse...

Olá Cátia
Bem vinda a este meu canto, pequeno e humilde, e espero sinceramente que volte. Não precisa de bater porque eu deixo a porta bem aberta.
Quanto a estes senhores, não gosto de fazer juízos precipitados e muito menos deixar no ar qualquer tipo de insinuação.
Até porque, quem deve investigar, ainda não conseguiu deslindar o caso.
No entanto, penso que nunca se assistiu a uma campanha tão grande de publicidade, que me deixa bastante intrigado. Porque será?
Acima de tudo, e como diz, o mal foi de Madeleine que provavelmente jamais aparecerá, tenha ela tido o destino que teve.
Duvido mesmo que algum dia se venha a descobrir a verdade toda.
Juntando tudo isto ao facto da má imagem que tentam passar internacionalmente da policia portuguesa, ao que julgo saber, umas das melhores policias, apenas lhe digo que todo este caso me cheira muito mal.
Um beijinho.
Em breve a visitarei

São disse...

As primeiras palavras que proferi ao saber do desaparecimento de Madeleine foram" É uma história mal contada!"...quem tiver interesse sobre o que penso deste assunto fará o favor de me visitar e ler os diversos posts que escrevi.
Saudações!

Jose Gonçalves disse...

Olá São

Tem toda a razão, a história esteve sempre mal contada.
Este pessoal inglês até tem sido nosso aliado, mas por vezes fico com a sensação de que nos querem tratar como se fosse-mos parvos ou do 3º mundo.
Irei dar uma vista de olhos às postagens que fez.
Um abraço
José Gonçalves

Maria Faia disse...

Querido Amigo,

Esta história do desaparecimento da menina McCann intriga a todos nós. Pessoalmente há qualquer coisa que não me deixa acreditar nos pais da menina.
As contradições e omissões são mais do que muitas...
Apenas desejo que a verdade venha à tona da água embora todos saibamos que, infelizmente, muitas vezes isso não acontece.
E, neste caso concreto, já se envolveram até entidades políticas que devia estar quietinhas no seu canto enquanto as polícias fizessem investigação.
Este mundo anda virado do avesso e, tristemente, os baldes de água fria são mais do que muitos.
A falsidade tem, não raras vezes, pézinhos de lã e olhos meigos de cordeirinho...

Beijo Amigo,
Maria Faia

Jose Gonçalves disse...

Maria Faia

Neste caso, acho que a falsidade não tem olhos meigos de cordeirinho, e nem sequer vem em pésinhos de lã.
Aqui muita coisa está por esclarecer e a mim nunca me inspiraram grande confiança estes pais da Madeleine, nem com os olhos nem com o semblante, nem com nada.
Eu se tivesse perdido um filho ou alguém da minha família teria ficado de rastos e quando os vi pela primeira vez, depois do desaparecimento, não vislumbrei na cara da Senhora Kate tanta consternação assim.
Mas poderia estar enganado.
A ver vamos o que vai acontecer.
Uma abraço e uma boa noite
José Gonçalves