domingo, 21 de outubro de 2007

“Como já não me bastavam os aborrecimentos que tenho e ainda me vêm com esta!
Santo Deus, há alturas na vida que o melhor é nem virmos aqui. Pura e simplesmente”.


Londres - Um relatório divulgado na Grã-Bretanha e citado pela BBC alerta para que as pessoas que sofrem de obesidade podem ter a expectativa de vida reduzida até 13 anos.

O estudo, denominado «Combatendo a obesidade: escolhas futuras» aponta que a Grã-Bretanha está imersa numa crise que pode levar até 30 anos para ser revertida.

O relatório conclui que os indivíduos não são os maiores culpados por desenvolverem obesidade, mas sim «uma sociedade que prioriza o consumo de comidas baratas, ricas em açúcar e gordura, o uso de transportes motorizados e trabalhos sedentários».

David King, conselheiro-chefe do governo britânico para assuntos científicos e líder da pesquisa afirma «Temos de lutar contra a noção de que a epidemia actual de obesidade surge da indulgência e da preguiça dos indivíduos. Nós vivemos numa sociedade de consumo que nos encoraja a comer e ter uma vida sedentária. É um ambiente em que só de nos comportarmos de forma normal, podemos engordar».

Os estudiosos requerem um maior envolvimento do governo na questão e apontaram algumas políticas que poderiam ser aplicadas, como planear cidades com mais locais para a prática de exercícios físicos e fazer maior pressão sobre as mães para amamentarem seus bebes - o que poderia diminuir o aumento de peso durante a infância.

A foto e o texto são do Jornal Digital, mas foram-me enviados por um "amigo" ( Rico amigo!)



8 comentários:

elvira carvalho disse...

Bom José´há ahos que a minha médica me vem dizendo isso. E foi a primeira coisa que o cardiologista me disse. Tem que perder peso. Como me parece que também tem esse problema, deve levar a sério.
Um abraço e bom Domingo

Jose Gonçalves disse...

Olá Elvira

Ora bem, cuide-se minha amiga. Eu por mim vou fazendo por isso.
Olhe que perder 30 kilos em 8 meses é obra.
Um abraço e um bom resto de fim de semana.
José Gonçalves

aramis disse...

Meu querido Amigo,

Pois em primeiro lugar, bom domingo para o vosso "trio"!!!

Fiquei bem admirada, já perdeste 30 kilos? Ena homem valente!!!

Como sabes, eu precisei de fazer o by pass gastrico para perder 42 até agora. Sem ele, era muito complicado...
O problema é que as pessoas obesas fazem multlipas dietas e na maioria (há excepções)recuperam o peso perdido ao fim de algum tempo. A tentação dos doces, do MacDonalds, dos petiscos, volta e ... está tudo estragado!
Li no outro dia que em Portugal estão em lista de espera há +- 4 a 6 anos, perto de 6000 pessoas para colocarem uma banda gástrica!!!
Isto é incrivel... A saude no nosso país está cada vez pior!
Claro que a tentativa de alguns médicos é as pessoas entrarem em desespero, façam um empréstimo bancário e toca a ir fazer a operação particularmente. Aí em 2 meses tem o problema resolvido...
Em Portugal estas operações ainda são considerada "estéticas" e por isso, não tem qualquer tipo de comparticipação do Estado.Pode ser que um dia se lembrem que é um verdadeiro problema de saude e aí, passem a tratar do assunto de outra maneira... mas isto sou eu a sonhar!!!

Amigo, boa continuação de perda de peso, muitos beijinhos e tudo de bom para ti.

Jose Gonçalves disse...

Olá minha amiga Aramis

Como penso que sabes, sou acompanhado nesta minha cruzada pelo Dr. Jacques Pena, com os resultados que estão à vista.
Agora estou numa fase estacionaria que não perco peso nem engordo, e tenho cometido alguns excessos.
Felizmente, mantenho-me com o peso que consegui atingir e aguardo por nova consulta ao Dr. Jacques Pena para nova ofensiva até atingir os 100 kilos. Eu pretendo baixar um pouco mais, mas para quem pesava à oito/nove meses 140 kilos, acho que é obra. (Pensei que já tinhas reparado)
E sinto-me muito bem.
Quanto à dieta, tenho-a cumprido, mas o mais importante está sobretudo na nossa cabeça e na nossa força de vontade.
Um grande abraço
José Gonçalves

São disse...

Penso que estou no sítio certo não só quanto a opiniões e gostos, mas também quanto a excesso de peso.
Juro que o meu peso não resulta daquilo que como, quer em qualidade quer em quantidade.E caminho uma hora por dia.Fiz dietas rigorosas que não deram resultado nenhum e eu acho, francamente, que isto já é psicológico.
É um drama, pricipalmente a partir da menopausa: faça o que fizer não emagreço um grama!!
Se me derem alguma sugestão que resulte terão a minha eterna gratidão. Mas na banda gástrica, siceramente, não estou muito interessada.
Boa semana, companheiros de "infortúnio"!

Jose Gonçalves disse...

Amiga São

Eu estou inteiramente de acordo, consigo, eu e o meu médico, porque não somos defensores da banda nem de nada desse género. Também acho que tudo se resume na cabecinha de cada um de nós e da força de vontade que tem. Mas, cada caso é um caso, e eu não sou médico para dar opiniões.
O que lhe posso dizer, é que com o acompanhamento do Dr. Jacques Pena, perdi efectivamente 30 kilos. Ainda lhe digo mais, vou emagrecer pelo menos mais 10 a 15 kilinhos, pode estar certa, e depois partirei para uma "abdómnoplastia"? (será assim que se escreve?), se tiver coragem...
Agora posso andar a pé com relativa facilidade mas não caminho 1 hora por dia, nem pouco mais ou menos.
De uma coisa estou certo, já corro, o que não conseguia fazer há muitos anos.
Estou neste momento com 110 kg o que já é muito bom para quem teve 140.
Um abraço e uma boa noite.
José Gonçalves

São disse...

Será possível dar-me o contacto telefónico do Dr. Jacques Pena?...
Eu já andei no Dr. Pedro Choy fazendo tudo rigorosamente ,mas não resultou. Ainda por cima, fiquei muito desiludida com a atitude da médica. Sim, porque a ele nunca o vi sequer.
Achei o sistema muito parecido ao do Dr. Tallon, que me fez perder 15Kg ...mas que não me agradou.
Desde já o meu agradecimento pela atenção.
Abraços.

Jose Gonçalves disse...

Amiga São

Também eu utilizei os serviços do Dr. Tallon, mas embora tenha perdido rapidamente uns kilos, tive outras consequências da dieta que me levaram ao hospital. E também nas consultas que lhe fiz nunca o vi. Foram sempre assistentes que me atenderam.
Quanto ao Dr. Jacques Pena, o contacto que tenho é dos SAMS, Assistência dos Bancários do Sul e Ilhas, pois minha mulher é bancária, e é lá que ele me atende.
Como muito brevemente lá vou, eu vou pedir-lhe o numero particular e depois indico-lho, combinado?
Uma abraço e sei que conseguirá ultrapassar tudo, porque eu também fui capaz, e não passei fome.
Sabe qual foi uma das primeiras coisas que o meu médico me disse depois de nos conhecer-mos?
- O seu problema é não saber comer, e fá-lo como todos os obesos.E estava certo. A prova disso sou eu.
José Gonçalves