domingo, 16 de março de 2008

PROPONHO UM BRINDE!


*

AMIGOS

VERIFIQUEI QUE A AMIZADE E A SOLIDARIEDADE CONTINUA ENRAIZADA NOS NOSSOS CORAÇÕES.

DESTA FORMA, PORQUE FORAM BASTANTES OS AMIGOS QUE A MIM SE JUNTARAM NA SINGELA HOMENAGEM QUE PRESTEI À NOSSA QUERIDA AMIGA ISABEL DO SOPHIAMAR, PROPONHO HOJE UM BRINDE A UM NOVO SER MARAVILHOSO QUE VEIO AUMENTAR O NÚCLEO FAMILIAR DESTE NOSSO GRUPO BLOGOSFÉRICO.

VAI ENTÃO À SAÚDE DA “NOSSA” QUERIDA PRIMAVERA, AOS PAIS, AVÓS E A NÓS QUE REJUBILÁMOS TODOS COM O ACONTECIMENTO QUE MARCARÁ A VIDA DA “NOSSA” ISABEL E DE SUA FAMÍLIA.




"Poema Enjoadinho"

Filhos... Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete...
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filhos? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los...
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem shampoo
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

Vinicius de Moraes

Fotos da Net

António Inglês

16 de Março de 2008


6 comentários:

Sophiamar disse...

Amigo, Mano, Querido António!

Estou sem palavras. Os olhos gotejam, tu saíste-me um pater-famílias de primeira. Dá cá um abraço! Sentes? Estou a apertar-te, a saltar de alegria, a chorar, a beijar o amigo, que já adoro. Desculpa, Lídia, esta festarola. Tu fazes parte desta família ou não fosses responsável pela alegria que brota deste homem. Olha envolve-o no maior abraço que puderes e faz a festa que eu daqui não posso.Salta-lhe ao pescoço prega-lhe um beijo e agradece, em meu nome, tudo quanto tem feito por mim, por nós, por esta roda de amigos e amigas.
António, Amigão vou ver a Maria, o Mar e tu estás lá. Ao fundo!
Beijinhossssss mil e tantos.

Maria disse...

Que poema mais bonito do Vinicius...
Junto-me a ti no brinde à Isabel e à Maria!!!!!
Sei como estará a Isabel, ainda não me esqueci - e eram sobrinhos netos, quanto mais netos.....
Obrigada por este post, António.
És um Amigo especial.

Beijinhos, um para a Lídia

Brancamar disse...

Antóni,
Só mesmo tu és capaz de tanto carinho e tanto mimo. Junto-me a ti mais uma vez neste brinde. E já hoje voltei a espreitar o cantinho da Isabel e fiquei a saber o nome da "nossa" Primavera, sim, porque já é "nossa" também, já que estamos a participar nesta felicidade da nossa amiga e da sua família.
Até logo
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Venho Atrasada...MAS QUERO ASSOCIAR_ME AO BRINDE, se me permitem!!!!!
TCHIM,TCHIM...
Bjkas!

António Inglês disse...

Amigas
Maria / Branca / Avelaneiraflorida

Ergamos as nossas taças em homenagem às princesas do Algarve que nos estão mais perto do coração.
À Maria, à Isabel e à mãe da Maria.
Ao pai e ao avô desta linda Primavera que veio inundar a vida de todos eles de felicidade.
Muitos e muitos anos de perfeita saúde e alegria para todos eles.
Um obrigado a vós por se terem juntado a mim neste brinde.
Os amigos são assim mesmo.
Beijinhos
António Inglês

António Inglês disse...

Isabel, mana amiga!

Dou-te um abraço não... dou-te um abração daqueles que nunca mais acabam. Sei o que representa essa alegria toda que sentes. Não te esqueças dos que já cá moram, entre filhos, filhas, netos e netas, fora sobrinhos e primos...
Enfim, poderia pensar que todo este treino já me daria um certo arcaboiço para saber dosear as minhas emoções nestas alturas. Mas não consigo. Sinto o nascimento da tua neta como se minha fosse. Sou mesmo assim, um lamechas do caraças que fala, fala, fala mas no fim acaba sempre por ceder...
Ao contrário do que dizes, não tenho feito nada de nada em prol seja do que for ou de quem for. Pelo menos com esse sentido que estás a querer introduzir nas tuas palavras que agradeço obviamente.
Tudo o que faço e digo, é sentido e sai-me do peito naturalmente.
Questão de feitios...
Deixa na face dessa tua linda Maria um beijinho terno deste tio-avô que não a conhecendo já lhe tem um carinho muito especial.
Para ti mil beijinhos
António Inglês