quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

VIDEOVIGILÂNCIA NAS ESCOLAS

*Em 1200 escolas ainda este ano

O Ministério da Educação (ME) abriu um concurso público internacional para a “aquisição dos serviços e bens necessários à implementação de um sistema de videovigilância” que vai abranger “as escolas públicas do 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e com Ensino Secundário”.

Ao todo serão 1200 escolas do 5.º ao 12.º ano onde serão instaladas câmaras. O concurso está integrado no Plano Tecnológico da Educação e visa, de acordo com o ME, “reforçar a segurança das instalações e dos equipamentos tecnológicos – computadores, quadros interactivos e videoprojectores – que estão a ser adquiridos no âmbito do mesmo Plano.

De fora ficam as escolas primárias, uma vez que a gestão destes estabelecimentos de ensino está entregue às autarquias. O projecto também deixa de fora as escolas dos arquipélagos dos Açores e da Madeira.

Para implementar o sistema, o Estado vai investir 30 milhões de euros. O valor contempla “o fornecimento, instalação, manutenção e suporte de um sistema electrónico”, bem como “os serviços de segurança e monitorização”.

O concurso está aberto apenas a “titulares de alvará comprovativo da autorização para o exercício da actividade de segurança privada ou serviço de vigilância de bens móveis e imóveis, através de equipamento electrónico , emitido pelo Ministério da Administração Interna” e termina no dia 14 de Março, pelo que a entrada em funcionamento do sistema, apurou o CM, ocorrerá ainda este ano.

A generalização da videovigilância nas escolas reflecte o que se passa no resto do País. Várias cidades avançaram já com pedidos para a instalação de câmaras nas ruas (ver apoios).

A zona da Ribeira, no Porto, foi a primeira a receber autorização. No entanto, a Comissão Nacional de Protecção de Dados impôs algumas regras para o sistema de videovigilância que começou a ser montado anteontem. Por exemplo, só poderá funcionar entre as 21h00 e as 07h00. Da mesma forma, foi assegurada a privacidade de moradores e visitantes pois os vultos são tapados com quadrados negros, não sendo reconhecíveis. No caso de problema grave, só a PSP poderá desbloquear as imagens para visionar os rostos.

O projecto prevê que o sistema seja avaliado ao fim de um ano antes de ser prolongado o funcionamento.

João C. Rodrigues/ Luís Lopes
“Correio da Manhã” na sua edição de 17 Jan 2008
José Gonçalves

28 comentários:

Entre linhas... disse...

Muitos projectos como este se poderiam aplicar por todo o País,mais concretamente nas zonas de maior afluxo ao banditismo não só,escolas,etc....
Beijinhos
Zita

Brancamar disse...

Estes sistemas podem ser interessantes desde que assegurem o respeito à privacidade. Aliás e para não dizermos só mal, porque realmente há muita coisa que está mal, aqui neste sector que se aborda, ou seja nas áreas tecnológicas muito se tem avançado e continua a avançar e se neste caso é para proteger os equipamentoa escolares acho bem. É interessantíssimo que todas as escolas comecem a ter, como aliás estão a ter equipamento informático para todos os alunos, o que era impensável ainda há bem pouco tempo. Muitos alunos chegavam à Universidade sem grandes oportunidades de mexerem num computador, só meia dúzia de privilegiados o podiam fazer.
Embora aqui também haja o reverso da medalha, é preciso ver como se fazem estes concursos públicos, quem fabrica e vende as câmaras ao estado, quais os custos que elas acarretam para o país. É que o Estado também nos anda a tratar a todos como um custo a eliminar sempre que possível, tudo em nome das EStatísticas Europeias, em nome da sustentabilidade, etc,etc,.
Bem, este tema leva a outros e por aí fora, não caberia neste espaço desenvolvê-los.
De qualquer forma sou a favor da modernidade e sobretudo de uma escola com todas as valências possíveis, aliás é por aí que tudo devia ter começado e não começou nunca.Daí que seja importante não só preservar os equipamentos, mas também proteger os utentes.

José tens uma respostinha ao teu comentário lá no meu sítio.
Não sei se já te disse que no fim de semana vou fazer uma festa com os vossos prémios todos, é que continuo a receber e para não ficar atrapalhada todo os dias vou juntar os meus amigos todos num molhinho de flores, porque vós sois as minhas flores.
E assim me vou, já me alonguei demasiado.
Beijinhos

Vieira Calado disse...

A vigilância em redor das escolas, justifica-se.
Anda muita malandragem por aí...
E também andam muitas estrelas que rapidamente se apagam.
Mas olhe que algumas fazem luz nos olhos dum cego... eh,eh,eh
Um abraço.

Sophiamar disse...

A videovigilância( big brother) tem aspectos muito positivos mas também os tem negativos. Se imperar o bom senso, ela conduzirá a uma maior segurança do cidadão comum. No entanto, não podemos esquecer que a privacidade a que todos temos direito é um bem a preservar e que não pode perder-se sob qualquer pretexto.

Beijinhosssss

FERNANDA & SONETOS disse...

Olá Querido Zé, bom fim de semana, para ti também.
Beijinhos de amizade e carinho.
Fernandinha

Izelda Maia disse...

Parece interessante esse projeto.

Caro amigo José,
obrigada pela amizade, fico feliz quando vai a minha casa (blog).

Desejo-lhe também que este ano que começa agora seja de muitas alegrias para ti tua família.

Grande e fraterno abraço.

Um Momento disse...

Bem...
Gostei imenso de tomar conhevcimento
Só não concordo apenas algumas escolas serem beneficiadas... mas com o tempo quem sabe sejam brangidas na sua totalidade?
E meu amigo, muito obrigado pelas ternas palavras a mim e ao meu tesouro dirijidas:)))

Deixo um beijo com muito carinho e o desejo de um bom fim de semana:)

(*)

Jose Gonçalves disse...

Olá Zita
Este projecto da videovigilância vai estender-se às grandes cidades e a mais iniciativas.
Esperemos que seja concretizado para que dessa forma se ponha um pouco de travão a tanto assalto.
Beijinhos.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Branca

Fala quem sabe. Estás a ver o que quero dizer com a frase?
Já fui ao teu espaço e já respondi.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Vieira Calado

Já não era sem tempo, mas mesmo assim a partir do momento em que a tal malandragem souber onde estão as câmaras... não sei não...
Quanto às estrelas que nos ...cegam... tem toda a razão, e há cada uma....eheheh...
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Sophiamar

O problema penso que irá ser mesmo esse, uns dirão que se está a ir longe de mais, outros dirão que ainda é pouco...e não sei se irá existir o bom senso.
A ver vamos.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Fernandinha

Um grande beijinho também para si.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Izelda

Bom regresso e que seja para durar.
Espero que esteja tudo bem consigo.
Deixo-lhe um abraço cá deste lado do Atlântico e agradeço-lhe as suas amáveis palavras.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Um momento

Vamos ver se este projecto será só para algumas, se para todas ou até não passará de mais um projecto.
Se for como o da Ota/Alcochete ou como do TGV, então teremos ainda muitos estudos e projectos até lá chegar-mos. Vai depender dos interesses...
Um abraço
José Gonçalves

elvira carvalho disse...

Pois eu acho que à partida é uma ideia interessante que se pode revelar muito útil. Se se tiver em conta a privacidade das pessoas como parece que foi assegurado, então será de certeza muito útil.
Pena que as autarquias não vão poder acarretar com essas despesas e as crianças da primária, que pela pouca idade, são as mais influênciaveis vão ficar de fora dessa protecção.
José, quando puder passe lá pelo
Coisas Minhas.
Um abraço e tudo de bom

Joaninha disse...

Bom fim de semana ;)

Rakel Macedo disse...

Obviamente que todos esses projectos, sendo levados a bom porto e não se ficado só pela papel, são uma inovação, um passo em direcção à globalidade e, no fundo à segurança.

Mas, não deixo de ficar triste. Ficar triste por ser necessária estar sempre a vigiar tudo por não se poder confiar. Não se poder confiar nos jovens mais velhos (ou mais fortes, ou mais estúpidos), que maltratam os mais novos (ou mais fracos, ou mais inteligentes). Não se poder confiar num país de pessoas que roubam as nossas escolas, onde se formam os futuros líderes do país. Onde aprendem provavelmente os próprios filhos/primos/irmãos desses ladrões...

está tudo muito mal neste Mundo, não só em Portugal quando temos de recorrer à segurança 24 sobre 24 horas para podermos garantir segurança...

Beijinho e bom fim de semana

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Elvira

Pois vamos ver se este projecto é para confirmar ou se foi apenas "fumaça". As autarquias há muito que deveriam ter sido "obrigadas" a promover uma iniciativa idêntica a esta, talvez assim elas deixassem de cometer autênticos atentados, com obras que são apenas de fachada e a única coisa que visam são votos que os mantenham por lá bastantes anos... Vá-se lá saber porquê...
E assim que encontramos por esse país fora obras horríveis e de gosto duvidoso, inacabadas algumas e sem interesse público outras.
Mas a culpa nem é de quem está à frente de determinadas autarquias, a culpa é de todos nós que os pusemos lá.
Cada povo tem o poder que merece, este é o meu lema.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Joaninha

Bom fim de semana minha amiga.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Rakelita

Antes de mais quero dizer-te que gostaria de ver uma foto tua nos teus comentários. Essa carinha linda não é para andar esquecida.
Pois quanto à vídeo-vigilância, eu até acho bem e estes são os sinais do progresso, infelizmente temos cada vez mais de andar de "olho" bem aberto pois as amplas liberdades deu nisto.
Para mim, liberdade não é sinónimo de progresso, mas para um povo que esteve anos a fio sem puder exercer o direito de se pronunciar, este repentino libertar trouxe-nos as suas consequências, algumas complicadas.
Avancemos pois, que o futuro é já ali.
Um beijinho bem grande e um bom fim de semana.
José Gonçalves

Menina_marota disse...

Espero que este projecto não seja como em certos bancos, que as câmaras que estão instaladas neles, especialmente na parte junto ao multibanco, não sejam de faz de conta. É que quando é necesário, as câmaras estão sempre desligadas...
Um abraço e feliz 2008 ;)

Jose Gonçalves disse...

Menina marota

Antes de mais deixe-me agradecer-lhe a sua visita. É com agrado que reparo em novos visitantes nem que seja apenas por uma vez. Se quiser voltar não precisa bater, vá entrando como fez agora pois a porta, como reparou está sempre aberta.
Quanto à vídeo-vigilância, esperemos que sejam câmaras verdadeiras e que estejam sempre ligadas, pois mesmo essas quando fazem falta... estavam desligadas...
Daí algumas empresas já venderem imitações.
Depois ninguém é reconhecido e a culpa acaba por morrer solteira, como de costume.
A ver vamos.
Tenha um bom fim de semana.
José Gonçalves

Geo disse...

Olá José!! Obrigada pelo carinho...mesmo eu estando tão sumida...mas o trabalho está me privando deste prazer...mas muito obrigada mesmo, cheguei hoje a lhe visitar e quero dizer que adorei as postagens...estou atrasada mas quero deixar meus comentários sobre o poema da velhinha, que achei adorável, sempre que vejo um idoso...penso em toda a vida que percorreu até ali...que todas suas marcas são, cada uma, parte de sua história e que um dia...estarei eu naquele banco a pensar nos dias de outra.

O post do ladrão...penso nunca ser tarde para se arrepender...contudo não podemos praticar maus atos com essa certeza...temos que pensar antes de agir...

Outro post que achei interessante é o do sutiã...não ia gostar de ter algo me aquecendo desta forma...mas...a mercado para quase tudo...

O post dos maus hábitos...o engraçado é que estava justamente a mastigar uma bala elástica quando o li...rsrsrs...e no trabalho...uso o fone de ouvido...e a única coisa das três que não faço é fumar...não tinha pensamento sob sua ótica...mas é um bom alerta...no entanto, ainda estou a mastigar a bala...rsrsrs...não consigo parar...rsrsrs...

Por fim...queria lhe desejar um ótimo fim de semana!!! E dizer que fico muito feliz em ter vossa amizade!!! Espero voltar com mais frenquência!

Beijos

Geo

aramis disse...

Boa!... Tudo o que seja por uma maior segurança, leva o meu aplauso. Mas estou de acordo com a nossa amiga Brancamar, não deve de forma alguma ser violado o direito à privacidade...
Muitos beijinhos.

Jose Gonçalves disse...

Geo

Quem fica feliz por vê-la por aqui sou eu, pouco importando se está muito tempo ausente ou não.
O que verdadeiramente interessa é que uma vez por outra nos lembremos dos amigos, mesmo virtuais que sejam.
Desejo-lhe um óptimo fim de semana e deixo-lhe um beijo de muita amizade.
É bom sabe-la por cá e asseguro-lhe que continuarei visitando seu espaço, enquanto mo permitir.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

aramis

Também estou de acordo com vocês, que esta vídeo-vigilância não venha invadir a nossa privacidade. Mas tenho de estar de acordo com ela (VIGILÂNCIA) pois talvez seja uma forma de atenuar esta onda crescente de assaltos que se tem vindo a espalhar pelo país.
Um beijinhos
José Gonçalves

avelaneiraflorida disse...

Amigo Josè gonçalves,
Tenho algumas (muitas!!!!) dúvidas!!!
A videovigilãncia pode ser uma faca de dois gumes!!!! Por um lado, a tutela cria a vigilância para salvaguardar os bens que "depositou" nas escolas!!!!Para que não sejam delapidados, e as estatísticas "digam" que as escolas estão super bem apetrechadas!!!!
Por outro, os custos dessa opção poderiam ser rentabilizados a melhorar o parque escolar onde alunos têm cadeiras e mesas com metade do seu tamanho ( a tutela esquece-se que os alunos crescem!!!); onde janelas com vidros simples fazem tremer o homem das neves com o frio impiedoso; onde goteja sobre livros da biblioteca de fendas no telhado a aguardar reparação há décadas... e podia continuar!!!!

BOM SENSO PRECISA-SE!!!!
um bom fim de semana, amigo!!!!

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

Há muitos anos que os sucessivos governos têm adoptado a politica de tirar onde faz falta e pôr onde faz vista. Este talvez seja mais um caso desses. A ver vamos.
Fiz parte da Comissão de Pais da Escola EB2+3/S de São Martinho do Porto e sei bem das dificuldades com que as escolas se debatem perante os inúmeros problemas que têm.
Conseguimos alguns melhoramentos em equipamentos que eram da responsabilidade da Câmara Municipal de Alcobaça, nomeadamente a nível do Gimno Desportivo, o que me trouxe alguns dissabores dada a veemência com que protestei e até pelos meios que utilizei para pressionar o executivo camarário (CS), tendo essa pressão dado os seus frutos, embora a obra não esteja acabada e está longe de ter sido uma obra suficiente.
No que aos equipamentos dizia respeito e que eram da responsabilidade da DREL, depois de termos apresentado as nossas reclamações, nem resposta tivemos.
Invariavelmente a resposta era sempre a mesma, não há dinheiro. Esta resposta não nos foi dada a nós Comissão de Pais, a nós nem nos passaram "cartuxo".
Como saí entretanto da CP, desconheço que meios se continuaram a utilizar para pressionar a DREL. De uma coisa estou certo, obras nem vê-las.
É tudo muito complicado infelizmente neste país.
Um bom fim de semana
José Gonçalves