segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

MAUS HÁBITOS!

*

Meus amigos, venho hoje falar-vos de maus hábitos.

Todos nos deparamos diariamente com inúmeros maus hábitos que muitos usam e abusam como se fossem as coisas mais naturais do mundo.

Seriam muitos, mas quero falar de dois ou três em particular e que me incomodam tremendamente.

Frequentemente encontramos pessoas de pastilha elástica na boca, mastigando com a maior das naturalidades, falando com uns e com outros, de boca aberta como se isso fosse uma situação comum e normal. Nada tenho contra as pastilhas elásticas e cada um usá-las-à como entender, o que penso é que um pouco de educação não faria mal nenhum quando as mesmas são “mastigadas” em qualquer lugar e em qualquer circunstância, até mesmo no trabalho, quando se trata de atender público. No meu caso, delas não faço uso pois o meu médico proibiu-me de as mastigar por razões que se prendem com a minha dieta.

Outro mau hábito que já foi meu, e por isso contra mim falo, é o mau vicio do “cigarrito” na mão ou no canto da boca, em qualquer lugar e em qualquer circunstância , sem qualquer respeito pelos outros que não fazem do tabaco um prazer. Nova legislação entrou já em vigor e por mim nada tenho contra quem fuma, eu já o fiz anos a fio, mas faziam falta realmente regras que nos ponham a salvo de quem não nos respeita. Talvez até venham impregnadas de rigor, mas se calhar não haveria outro jeito de as pôr em prática. Para mim já não me fazem falta porque decidi sozinho e não com a ajuda de nenhum medicamento, deixar de fumar e hoje nem disso me lembro.

Por fim quero-vos falar daquele que me levou a escrever este breve texto: o uso de auriculares!

Provavelmente muitos de vós já se deparou com esta situação. Quem já não se confrontou com os nossos jovens e até com alguns menos jovens, de pequenos auscultadores nas orelhas ouvindo música em todo e qualquer lugar?

Aparentemente, nada tenho a ver com este hábito, mas quando quero falar com o meu filho e ele não me responde porque está a ouvir música, as coisas começam a complicar-se. Não é o facto de ele ouvir música que me incomoda. O que me incomoda é quando me lembro que os “headphones” estão sistematicamente colocados mesmo quando andam na rua e têm de as atravessar. Ora se ele não me ouve quando o chamo, como poderá ouvir um carro que lhe "busine" para o avisar da sua passagem? Mau hábito este que me esforço por corrigir, mas que parece veio para ficar. E já nem falo no perigo que representará para a saúde este terrível costume.

Acresce ainda que até na condução muitos os usam, mesmo sendo proibidos. Até os pequenos auriculares dos telemóveis, que embora sejam colocados numa só orelha, privarão os seus utilizadores certamente de uma correcta condução, pondo em perigo as suas vidas e a dos outros. Não sou um exemplo de cumpridor de todas as regras, mas vou-me esforçando por corrigir aquilo que me parece incorrecto e um MAU HÁBITO.

Como este fim de semana foi uma verdadeira chuva de prémios e comentários, a eles tive de dar resposta, o que me impossibilitou por falta de tempo, de visitá-los, o que farei logo à noite. A todos peço desculpa e até lá então.

José Gonçalves


40 comentários:

Sophiamar disse...

E eu dei pela tua falta mas compreendi a ausência. Foi uma chuva de prémios que inundou os montes e vales do meu amigo de S. Martinho.O facto demonstra a tua popularidade na blogosfera à qual não são alheias a simpatia e amizade que deixas tansparecer por onde passas. Continua na mesma onda, Zé. Transborda por aqui um mar de afectos, com ondas e correntes de simpatia.
Quanto aos maus hábitos,concordo contigo. A educação e o bom senso resolvem-nos a contento de todos. É que há regras que não devemos descurar. O uso de auscultadores é perigoso quando usado na rua, sobretudo em artérias com movimento.Da condução nem falo.Muito perigoso!As pastilhas são um hábito que adquiri há algum tempo mas que a moderação e a inevitável regra de educação controlam perfeitamente.
Excelente post!
Beijinhosssss

São disse...

Pernicioso hábito , direi eu!
E para quando a legislação contra o alcool. que está flagelando a juventude portuguesa?!
Parabéns pelos prémios!

aramis disse...

Amigo José Gonçalves, Muito obrigada pelos prémios que me atribuiste! Sabe nuito bem e sobretudo vindos de ti!
Pois, agora é a tua vez, passa no "Aramis", pois tens lá um prémio para ti...
Muitos beijinhos e uma boa semana para ti!

Joaninha disse...

José,
Leu o meu post foi (se não leu vá la dar uma olhadela.) ?

A vergonha que eu passei não tem ideia. Raio da pastilha, mas olhe é por uma boa causa, é para acabar com o muito mais grave vicio do cigarrinho ;)

Maria Clarinda disse...

E aqui estou eu...uma menos jovem...que detestando a conversa nos meios de transporte prefere ir a ouvir m´sica no seu chamado Ipod.
Mas não, amigo, não dirijo, não atravesso passadeiras...ouço-a apenas quando quero os meus momentos.
Quanto aos outros....felizmente sou como tu..

Jinhos mil

elvira carvalho disse...

Pois amigo já passei por isso . Quando o Pedro tinha 17 18 anos até a dormir estava com os fones nos ouvidos. Quantas vezes eu fui de noite tirar-lhe aquilo dos ouvidos. Felizmente com a idade passou-lhe.
Um abraço e uma boa semana.

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

pois alguns dos vícios que a "modernidade" trouxe...e que a maior parte das pessoas adopta, muitas das vezes sem pensar mas porque é moda...
Pastilhas elásticas...os meus "besouros" percebem ao fim de algumas aulas que são dispensáveis!!!! mas os telemóveis...é um "bocadinho" mais dificil!!!!
Mas não desisto!!!!

Bjkas!!!!

Maria disse...

Os dois últimos são maus hábitos, sem dúvida.
O primeiro é uma enorme falta de educação. é assim como estar à mesa e comer de boca aberta (desculpa lá, mas é a "fotografia" que tiro a quem masca pastilha elástica enquanto atende o público...)

Beijinhos

amigona avó e a neta princesa disse...

Pois meu querido amigo eu assino por baixo! A pastilha é mesmo um flagelo às vezes na boca de quem menos se espera! Os auscultadores são mesmo perigosos como telemóveis e outros que tais (ontem morreu uma jovem no Cacém ao atravessar a via férrea a falar ao telemóvel)...quantoao tabaco agoraestá MUITO melhor! Beijo amigão...

Brancamar disse...

Aplaudo tudo o que afirmaste, maus hábitos que têm que se corrigir, em nome do respeito por nós próprios e para com os outros.
Comecemos nós, pelo pc até altas horas, ah!ah!ah!
(esta foi só para brincar um bocadinho com os notívagos como nós e há muitos por aqui), mas não há meio de me habituar a deitar cedo. Nunca fui de deitar muito cedo...agora pior.
Vou já para a caminha
Beijinhos.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Zé Gonçalves, obrigada pelas tuas lindas palavras, agradeço-te do coração.
Quanto ao teu texto está expectacular e as nossas amigas já disseram tudo o que havia para dizer.
Muitos beijinhos, de carinho e amizade.
Fernandinha

Carminda Pinho disse...

São maus hábitos, desde que usados infringindo as regras da boa educação e óbviamente da segurança. De resto nada a opôr.:)

Beijinhos

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Sophiamar

As tuas palavras são mais uma vez um "mimo" que me atribuis e que te agradeço.
Os maus hábitos serão até mais que estes, mas foram os que me vieram mais à memória, tudo isto porque o meu filho tem aquele mau hábito dele de enfiar os auriculares quando o vou por de manhã à escola e se quero falar com ele tenho de gritar.
Enfim, são os sinais dos tempos.
Tudo acabará por se compor.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

São

As tuas palavras reforçam o que penso pois sei que há mais maus hábitos por aí. Eu até terei alguns, mas estes por acaso não tenho e quanto ao beber acho realmente importante que se comece a legislar sobre isso pois como dizes a nossa juventude não sabe muitas vezes onde deve parar, correndo muitos riscos para o futuro de cada um.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Aramis!

Já passei pelo teu espaço e sei que tenho também lá mais um prémio. Um dia destes vou colocá-los todos em lugar de destaque na minha estante para os poder contemplar pela vida fora, pois para mim são sinónimo de amigos, mesmo virtuais que sejam.
Já não te vejo há uns tempos, que se passa? Deste de "frosques"?
Um beijinho.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Joaninha
Já passei pelo seu blog e pelo que escreveu mas por acaso não foi lá que me inspirei para estas palavras, para ser verdadeiro.
O grande culpado foi o meu filho pois fui a falar com ele no carro de casa até à escola, de manhã quando o fui levar, numa pequena viagem que demora cerca de dez minutos indo por caminhos pouco conhecidos e pouco movimentados, e quando lá cheguei, ele apercebeu-se que eu estaria a falar com ele e perguntou-me: falas-te comigo?
Ou seja não ouviu nem uma palavra do que lhe disse, fui a falar para o boneco...
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Maria Clarinda
Bom dia! Nessas condições nada tenho a opor pois cada um tem o direito de usar o que entender e eu até gosto de me isolar a ouvir musica. O que mexeu comigo foi ter falado dez minutos para o boneco com o meu filho.
Enfim, isto passa.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Elvira

Também acredito que com o tempo as coisas mudem. E quanto ao meu filho só tenho a dizer o melhor possível pois, tal como os irmãos são o meu orgulho e compõem o meu tesouro.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

Pois, para quem lida diariamente com a juventude estas coisa têm de se encarar com outra disposição.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Maria

Nem mais, dizes em poucas palavras o que me esforcei para transmitir com tanta prosa.
É isso tudo!
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Amigona

Bom dia minha amiga. Esse jovem é a prova de que as minhas preocupações têm razão de ser.
Isto há-de mudar.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Branca

Também acho que muitos serão um problema de educação, mas é o que temos.
Eu tenho vícios e maus hábitos como todos nós, depende do ponto de vista, mas não incomodam ninguém nem põem em perigo a vida dos meus e a fos outros.
Deitar cedo?
Complicado, sempre fui assim e agora é tarde para mudar.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Fernandinha

Bom dia. Sim acho que estará tudo dito,e que até estaremos todos de acordo.
Nestes casos até nem era difícil encontrar algum consenso.
Um grande beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Carminda Pinho
Bom dia!
Tem toda a razão, quando usados sem que isso "passe das marcas" nada a opôr. E se não mexer com a segurança de todos nós, então ainda menos.
Um abraço
José Gonçalves

Maresia disse...

Olá, Zé Gonçalves!

Mudei de nome e vim dar-te conta disso. Hoje, faz 23 meses que me iniciei nestas lides da blogosfera e decidi, a ver o mar, chamar-me simplesmente Maresia. A brisa que vem do mar.
Deixo-te beijinhos e a minha amizade.

elvira carvalho disse...

Vai iniciar um novo blog?
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Maresia

Antigamente a palavra mar terminava o nome com que postavas, agora começa-o.
O mar não te larga, mas tu também não o perdes de vista.
Um beijinho de muita amizade
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Boa noite Elvira

Não se pode fazer nada que a minha amiga está atenta já percebi.
Mas é verdade, é um blog apenas para tentar promover a venda da minha casa, nada mais.
Um abraço
José Gonçalves

Brancamar disse...

Pois José, eu vinha fazer a mesma pergunta da Elvira, mas já percebi.
Aliás quando entrei não consegui abrir senão o cabeçalho, mas voltei atràs e já vi imagens, não sei se as meteste agora mesmo. Estás mesmo com uma vontade grande de mudar para o Minho.
Eu atmbém mudava já. Talvez quando me aposentar, quem sabe.
Uma boa noite para ti.
Beijinho

Jose Gonçalves disse...

Olá Branca

Pois, a ver se vai.
Um beijinho
José Gonçalves

elvira carvalho disse...

O silêncio, deve-se apenas à tentativa de vender a casa, e o resto está tudo bem? É que não é hábito e os amigos sempre ficam em sobressalto
m abraço

Rakel Macedo disse...

Os maus hábitos por vezes são difíceis de corrigir.
Confesso que por vezes como a minha pastilhita, mas depois de ter perdido alguns «chumbos» dos dentes em parte devido a elas deixei-me disso. Lembro-me que quando quando trabalhei num call center havia colegas minhas que atendiam o telefone a mascar pastilha, o que era de terrível mau gosto pois quem estava do lado de lá apercebia-se com certeza da questão.

Em relação ao cigarro. Nunca sofri com tal vício mas também nunca me fez grande confusão. Sou mais esquisita agora, desde a minha gravidez. Não permiti que ninguém fumasse ao pé de mim enquanto mulher grávida e agora, em minha casa, ninguém fuma. Tenho duas boas varandas devidamente equipadas com cinzeiros... Se a lei irá ou não sofrer alterações... Cá estaremos para ver.

Em relação aos auriculares... lembro-me que quando eu era mais nova a moda era os walkman que quase todo o Mundo tinha. Nunca fui muito adepta dos mesmos pois tendo os ouvidos mais afinados que o que deveria fazia me imensa confusão o som ali mesmo à beirinha do canal auditivo. Ser surdo é terrível, mas confesso que ouvir demais também não é muito agradável. Há noites em que nem dormir consigo por ouvir uma torneira a pingar na cozinha... Agrada-me pensar que, quando a Carolina foi maiorzinha existirá qualquer outra forma menos perniciosa de ouvir música...

Beijinho e espero poder vir cá mais vezes...

Jose Gonçalves disse...

Elvira

Boa noite. Não é só essa a causa do meu silêncio como creio já saberá, mas tudo se resolverá.
Prefiro ficar assim por vezes, antes de dizer coisas que não quero. A idade tem destas coisas. Se fosse à uns anos atrás já tinha disparatado, agora as coisas ficam mais... cá dentro.
Desejo-lhe uma noite serena
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Rakel

Bem vinda a este espaço e a esta comunidade de amigos que habitualmente se encontram por aqui e pelos espaços de cada um.
Afinal, passas-te por dois dos maus hábitos de que falei e já estás curada...
A idade tem muita importância e a nossa "amiga" Carolina também contribuiu para isso.
Espero que venhas sempre que te apetecer e nem precisas de bater à porta porque a deixo sempre aberta. Entra e serve-te como e quando quiseres.
Quanto aos teus comentários e às tuas postagens, parece-me que andarão por esse espírito jovem algumas dúvidas e alguma desilusão, estou enganado?
Se precisares sabes como me encontras.
Um beijinho para as meninas lindas de S. Martinho, ou de Leiria?
José Gonçalves

Rakel Macedo disse...

Caro amigo.

De S. Martinho. Sempre de S. Martinho. E este ano vou retornar às bases. Espero eu que desta vez por uns anos, chega d«passarinhar» por aí... Já vivi os anos suficientes fora de S. Martinho para me arrepender de o ter feito... :)

Desilusão nunca. Talvez seja hora de definir novos rumos. Por vezes só é difícil de deixar o certo pelo incerto. Mesmo quando o «certo» está de todo errado...

Beijinho e obrigado

Jose Gonçalves disse...

Rakel

Vejo que estás por aí e atenta.
Dás-me novidades que não sei se serão boas como pensas ou dizes.
Olha que esta terra que é linda, não dá grandes garantias de estabilidade, mas quem sabe da tua vida és tu.
Seja como for, esses olhos fazem parte do encanto desta Baía, por isso volta bem, e como vens bem acompanhada ainda melhor.
Espero que estejas certa nas escolhas que estás a fazer.
Para nós até vai ser melhor pois vamos ter-vos mais perto. Quem deve estar feliz é uma certa senhora que conheço...
Uma beijoca.
José Gonçalves

Rakel Macedo disse...

Um passo de cada vez é como gosto de fazer.
São Martinho está muito em posicionada para quem quiser trabalhar fora. Coma A8 pomo-nos em qq lado :) Neste momento estou empenhada de me reencontrar.
A volta é certa. A data ainda não :)

Beijinhos

big river disse...

Maus hábitos uuuiii...vê só o hábito que o meu Sporting tem de não ganhar? e os maus hábitos de um amigo meu que continua depois de tanta desgraça a dizer que o Benfica é o maior?
Isso dos prémios tens que me explicar melhor que não percebo nada destas modernices.um abraço cá de Rio Maior

Jose Gonçalves disse...

Rakel

Bem, rendo-me porque vejo que é difícil falar-te ao coração, quando já o tens entregue.
Que o teu regresso seja coroado de muita felicidade mas chamo-te mais uma vez à atenção para o facto de que projectos como o teu tive muitos e depois de os pôr em prática verifiquei que as despesas eram incomportáveis.
Mas da tua vida sabes tu e eu sei que te pareces muito comigo nesse aspecto, e olha que mesmo batendo muitas vezes com a cabeça na parede acabei sempre por ganhar.
E eu sei que ganharás pois és uma moçoila decidida e corajosa.
Também sabes que não te estou a dizer isto de ânimo leve pois sempre tiveste essa prova ao longo dos tempos.
Uma beijoca Rakelita
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Pois fica sabendo que esse teu amigo continua a dizer mesmo que o Benfica é o maior, até na desgraça.
Quanto aos prémios um dia destes eu explico-te como é,vamos aí "buer" um café.
Não se te lembras que há uns tempos atrás eras tu que me ensinavas a mexer nestas coisas da Net. Tu e o Nuno.
Vês como as coisas mudam? é como no futebol, espera pelo meu Benfica e um dia destes vais ver como elas te mordem...
Um abraço ó Repá, cá do Floor of Parade.
José Gonçalves