sexta-feira, 26 de setembro de 2008

PARE, ESCUTE E OLHE...COM O TEMPO...


Com o tempo...
Você aprende que estar com alguém só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde você irá querer voltar ao passado...



Com o tempo...
Você se dará conta que casar só porque “está sozinho(a)”, é uma clara advertência de que o seu matrimónio será um fracasso...



Com o tempo...
Você compreende que só quem é capaz de o amar com os seus defeitos, sem pretender mudá-lo, é que pode dar-lhe toda a felicidade que deseja...



Com o tempo...
Você dará conta de que se está ao lado de uma pessoa só para não ficar sozinho(a), com certeza que a qualquer momento você vai desejar não voltar a vê-la...



Com o tempo...
Você dará conta de que os amigos verdadeiros valem mais do que qualquer montante de dinheiro...



Com o tempo...
Você entenderá que os verdadeiros amigos se contam pelos dedos, e que aquele que não luta para os ter, mais cedo ou mais tarde se verá rodeado unicamente de amizades falsas...



Com o tempo...
Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva, podem continuar a magoar a quem você as disse, durante toda a vida...



Com o tempo...
Você aprende que desculpar, todos o fazem, mas perdoar, só as almas grandes o conseguem...



Com o tempo...
Você compreende que se você feriu muito um amigo, provavelmente a amizade jamais será a mesma...



Com o tempo...
Você perceberá que cada experiência vivida com cada pessoa, é irrepetitivel...



Com o tempo...
Você perceberá que aquele que humilha ou despreza um ser humano, mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos, só que multiplicados...



Com o tempo...
Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje, porque o terreno de amanhã é demasiado incerto para fazer planos...



Com o tempo...
Você compreende que apressar as coisas ou forçá-las para que aconteçam, fará com que no final não sejam como você esperava...



Com o tempo...
Você vai perceber que, na realidade, o melhor não era o futuro, mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...




Com o tempo...
Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que ama, dizer que sente falta, dizer que precisa, dizer que quer ser amigo... ...junto de um caixão... ...deixa de fazer sentido...



Por isso, recorde sempre estas palavras:
O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde.
Exatamente quando:

JÁ NÃO HÁ TEMPO!

SEJA UM IDIOTA

A idiotice é vital para a felicidade.



Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.



No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.



Milhares de casamentos acabaram não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.




Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahahaha!...



Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?



É bem comum, gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que desesperar?


Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.

Dura, densa, e bem ruim.

Brincar é legal. Entendeu?



Esqueça o que lhe contaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não dizer disparates, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não andar à chuva. Esqueça!

Salte à corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.



Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.



Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras.

Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...



Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!

Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

Arnaldo Jabor, a quem peço desde já desculpa por ter usado o seu texto de que gostei particularmente



Fotos da Net

António Inglês


8 comentários:

Joaninha disse...

Que bonito José,

Pois eu não podia estar mais de acordo e pratico a idiotice sempre que posso, afinal estamos aqui é para viver e ser felizes. Claro que tem dias que é mais dificil...
Eu lambo sempre a tampa do iogurte, e a colher do café...hihihihi


beijos meu amigo

Maria disse...

Esta vida de frenesim nem nos deixa parar para pensar....
Mas estou de acordo com este texto, embora nem todo me seja aplicável....
... a escolha das flores, lindíssimas, mostra bem a tua sensibilidade.

Bom fim de semana, António.
Beijinho
(hoje fui a visita 39993...)
:)

elvira carvalho disse...

Gostei dos textos. O primeiro conhecia o segundo não.
Acho que com o tempo aprendemos tudo. Ele é o maior e melhor mestre. A minha avó costunava dizer "Muito sabe o diabo, mais por ser velho do quepor ser diabo".
Do segundo eu penso que nem tanto ao mar nem tanto à terra como diz o povo. Não devemos perder toda a irreverencia para não sermos adultos chatos, mas também não devemos ser tanto que ninguém nos leve a sério.
E outra coisa, se meu amor me tratasse como ao seu melhor amigo eu mandava-o dar uma volta. Amigos eu tenho alguns, e nunca fui para a cama com nenhum. Amor só tive um e cada momento desse amor sempre foi vivido com intensidade.
Um abraço e bom fim de semana.

ci disse...

As vezes perdemo-nos no tempo...

beijo da ci

Vieira Calado disse...

Palavras sábias!
Mas... "a idiotice é vital para a felicidade".
Bom fim de semana.
Um forte abraço.

Sophiamar disse...

Para ler, reler e pensar. Que post tão bonito! Que posso dizer de quem tem a sensibilidade para escolher um texto como este? E umas imagens como estas? Bem hajas, António! És um amigo imperdível e encontrar-te foi um privilégio.

Obrigada por tudo!

Mil beijinhos

aramis disse...

Meu querido amigo, passei para fazer uma visita e.... fiquei fascinada com esta tua postagem! Excelente lição de VIDA para VIVER!
Muitos beijinhos e um abração para o meu "trio maravilha",

Fatima disse...

Um post para pensar.....
Acho que a idiotice ganha!