terça-feira, 27 de novembro de 2007

MAIS UM CRIME ! A VIOLÊNCIA CONTINUA!


Mulher que matou taxista no Parque das Nações ficou em prisão preventiva

No dia 25 deste mês de Novembro, grande parte dos amigos da blogosfera, reponderam presente com uma postagem colectiva de repúdio à vilolência.Uma das frases mais divulgadas nos inúmeros blogues que aderiram, foi:


A HUMANIDADE NÃO TEM SEXO.

Pois aqui está a prova de que a violência não sexo mesmo.
Sabemos que a maioria dos crimes de violência, ou violência doméstica é praticada pelo homem. Mas o homem não tem o monopólio do crime de violência realmente. Desta vez foi uma mulher que movida por razões que se prendem com o seu divórcio que decorria , baleou o marido, taxista, ferindo-o de morte. Este crime ocorreu na sexta-feira passada à noite no Parque da Nações.
Da forma como as coisas estão a tomar rumo, um dia destes os tribunais encerram. Cada um resolve os seus diferendo a tiro e não se fala mais nisso.
Onde será que vamos parar?


A NOTÍCIA


O taxista assassinado na noite de sexta-feira no Parque das Nações, em Lisboa, foi baleado pela sua própria mulher, confessou esta ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa. A mulher ficou em prisão preventiva, segundo a Sic Notícias.
A mulher, de 28 anos, terá confessado ontem no TIC a autoria dos disparos, numa altura em que estava a decorrer o processo de divórcio com António José Brito, de 52 anos.
O presidente da Associação Nacional dos Transportadores em Automóveis Ligeiros (Antral), Florêncio Almeida, disse ao “Diário de Notícias” de hoje que na origem do crime poderão estar questões relacionadas com dinheiro.
António José Brito foi baleado três vezes cerca das 23h30 na Avenida Dom João II.
Segundo a Antral, este foi o segundo taxista assassinado este ano em Portugal.

O Público - Última hora
José Gonçalves

20 comentários:

Izelda Maia disse...

Olá, caríssimo amigo!
Venho a tua casa, dá-te notícias. Graças a Deus e aos antibióticos minha filha está melhorando.
Obrigada pela solidariedade através das visitas ao córrego de areia.

Grande abraço.

---

Fico triste pela violência que se ver por toda parte, aqui não é diferente, infelizmente.

elvira carvalho disse...

Sabemos que a maioria dos crimes de violência é praticado pelo homem, mas segundo os jornais do dia 25 a polícia tem mais queixas de homens maltratados pelas mulheres que o contrário. O que prova que também mulheres exercem a violência e que eles têm menos receio de denunciar que elas.
Também decorre o julgamento da mulher que mandou matar o marido o empresário Paulo Cruz.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Pois esta noite não durmo à espera que desvende o mistério.
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Izelda

Fico satisfeito e feliz por sua filha estar a recuperar.
De certeza que não serão apenas os antibióticos e Deus que a estarão ajudando a melhorar, é também o carinho e o amor da mãe.
Um abraço e que tudo continue a correr pelo melhor.
José Gonçalves

elvira carvalho disse...

Tem no "Coisas Minhas" um mimo que ainda não recolheu.
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Olá Elvira
Infelizmente a violência continua e não escolhe nem idades nem sexos.
Por este caminho, não sei como viverão nossos filhos.
Eu já não me preocupo muito comigo pois já tenho a minha conta, mas eles, que vai ser deles?
Nem quero pensar.
Esperemos que o Mundo melhor...
Um abraço.
José Gonçalves


PS. Quanto à resposta da foto daquele bébé, digo-lhe que hoje tem 34 anos e é meu filho Bruno.
Lindo não é?

elvira carvalho disse...

Lindo sim. Mas eu pensei que a foto era recente e por isso fui para o neto.
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Elvira

O mistério já lho desvendei num comentário que lhe fiz.
A foto guardo-a bem pertinho de mim pois este meu filho, tal como os outros, é lindo e foi um bébé maravilhoso com uns olhos lindíssimos, ou não saísse ele ao pai... ehehehe...
Um abraço José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Elvira
Lá irei ao COISAS MINHAS receber mais esse miminho.
Um dia destes fico sem espaço para tanto mimo.
Obrigado por me dar o privilégio de o ir buscar.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Pois é minha amiga, a foto tem uns bons aninhos e eu sabia que quase toda a gente iria para que fosse um neto.
Foi uma pequena brincadeira, mas foi a forma de homenagear o meu filho Bruno. Melhor o Dr. Bruno, que os galões têm de se puxar.
Um abraço
José Gonçalves

Sophiamar disse...

E há tantos homens a sofrer em silêncio.Vergonha? Têm vergonha de denunciar? Têm medo? Seja lá o que for, não temam porque ninguém tem o direito de subjugar o outro, maltratá-lo, violentá-lo fisica e/ou psicologicamente.
Unamo-nos nesta e noutras lutas.
Beijinhosssssss

elvira carvalho disse...

Só uma sugestão. Se o espaço não chega, faça um slide com todos os prémios. Eu fiz. Liberta imenso espaço.
Um abraço

Jose Gonçalves disse...

Sophiamar

Faço das tuas palavras as minhas.
Contra a violência sempre.
Um beijinho
José Gonçalves.

Jose Gonçalves disse...

Olá Elvira

Agradeço-lhe a sugestão.
Vou ver se serei capaz de colocar depois o slide na barra esquerda do meu blogue.
Um abraço e obrigado
José Gonçalves

avelaneiraflorida disse...

A violência não escolhe NADA! e procura passar Impune!!!!

Amigo José gonçalves, também eu temo por este planeta que vamos deixar aos mais novos...
Que ao menos o alerta sirva para os dissuadir de cometerem os nossos erros!

Bjks

Jose Gonçalves disse...

A violência é cega amiga.
E não quer ver...
Uma boa noite
José Gonçalves

Brancamar disse...

Mais uma triste notícia de violência!
Será que nestes casos passionais as pessoas não são capazes de entender que não são propriedade umas das outras?
Os sentimentos de posse são sempre terríveis e geram tanto sofrimento nos outros!
Boa noite amigo
Fica bem
Beijinhos

Um Momento disse...

Um Abraço á Paz
Tanta violência meu Amigo...

Beijo meu
(*)

Jose Gonçalves disse...

Brancamar

Esse é sempre o problema das pessoas, é sentirem que os outros lhe pertencem. Esse sentimento destrói vidas e leva muitos ao desespero e à cegueira ao ponto de matarem...
É o mundo está a descambar...
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Bom dia Um momento

Bem que a devíamos andar a abraçar todos os dias...
Tem um bom dia
José Gonçalves