segunda-feira, 26 de novembro de 2007

JAPÃO VOLTA A CAÇAR BALEIAS DE BOSSA





Em nome da investigação científica os nipónicos vão caçar cerca de mil cetáceos até Abril de 2008, entre eles a vulnerável baleia de bossa. Os ambientalistas já prometeram ir dar luta.

Uma frota de quatro baleeiros japoneses, liderada pelo gigante de oito mil toneladas, Nisshin Maru, levantou ferro em direcção ao Pacífico Sul. Aí deverá permanecer até meados de Abril de 2008, quando tiver nos porões a carne de cerca de mil cetáceos, a maioria baleias anãs, mas pelo menos 50 serão baleias de bossa, uma espécie protegida e que já esteve à beira da extinção.

Embora a caça com motivos comerciais esteja proibida desde 1986, Tóquio continua a caçar baleias, alegadamente para fins científicos. Uma justificação que custa a vida a cerca de um milhar de cetáceos todos os anos e que não convence os activistas de muitas organizações ambientais, entre elas a Greenpeace.

“É claramente um disfarce do governo japonês para que o país volte a caçar baleias com fins comerciais”, sugeriu Karli Thomas, membro da tripulação do Esperanza, o navio da Greenpeace que irá seguir a frota de baleeiros. Uma das medidas que a organização vai realizar para chamar a atenção do mundo para o que se está a passar.

Animais muito sensíveis

“A frota de baleeiros deve ser chamada de volta imediatamente. Se não for, nós tomaremos medidas não violentas para tentar acabar com a caça”, avisou Thomas. Este protesto está a regimentar muitos activistas, pois também tem como objectivo censurar o abate de cerca de meia centena de baleias de bossa, uma espécie que os cientistas consideram seriamente ameaçada e que não era caçada desde meados dos anos 60 do século passado.

“As baleias de bossa são muito sensíveis e vivem em grupos bastante unidos, por isso uma só morte pode causar danos irremediáveis”, sublinhou outro activista da organização.

Pouco ou nada preocupados com estas acusações, os japoneses alegam que a população de baleias de bossa já se encontra recuperada e em franco crescimento: “As baleias que temos investigado estão a recuperar rapidamente. E não vai haver qualquer impacto se abatermos 50 num universo de dezenas de milhar”, resumiu o Hideki Moronuki, porta-voz da frota pesqueira.

As pressões que vêm de Tóquio

Moronuki sublinhou ainda que a morte das baleias tem permitido aos biólogos marinhos descobrir mais sobre a estrutura interna destes animais. E recusou quaisquer fins comerciais para a caçada que irá durar até 2008.

Investigação científica ou não, certo é que a carne de baleia é uma iguaria apreciada pelos japoneses, que não raras vezes acaba na mesa de alguns restaurantes, ou a ser vendida em mercados.

Este artigo trouxe-o de:
http://paulomateus.wordpress.com/

14 comentários:

aramis disse...

Boa tarde meu amigo!
Por acaso já tinha lido esta noticia e fiquei tristissima! Será que a razão alegada é mesmo verdadeira???
Pelo menos não a acho suficientemente forte para esta atrocidade...
Muitos beijinhos

elvira carvalho disse...

Tenho tido o pc maluco esta manhã não me deixou abrir quase nenhuns blogs e os poucos quew abriu não deixava comentar. Estive aqui mas não pude comentar.
Pode ser mais uma tragédia para uma espécie, e como sempre provocada pelo homem.
Um abraço e uma boa semana.

Jose Gonçalves disse...

Olá aramis

Esta será uma forma de o governo do Japão embrulhar a justificação.
Como diz o artigo e muito bem, no fim de contas a carne destas baleias sempre aparecem nos pratos do japoneses pois são para eles uma iguaria.
São os interesses do capital...
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá Elvira

São dias, não se atormente.
Esta tragédia é mais uma a juntar a muitas outras que em nome não sei de quê nem de quem, nem em nome de que interesses, se vêm fazendo.
Bem os interesses são os de fazer dinheiro de forma barata, claro, enriquecendo os bolsos de alguém evidentemente.
Um abraço
José Gonçalves

Sophiamar disse...

E assim, pouco a pouco, a espécie humana vai decepando vidas até que, um dia, chegará a sua vez.E intitulamo-nos de racionais! O económico sobrepõe-se a tudo e a todos, desta vez, encapotado por fins científicos mas, depois, para "aproveitar" o que resta dos pobres cetáceos vai parar às mesas de quem tem dinheiro para pagar estas e outras "iguarias". Espero que os ecologistas consigam prosseguir na defesa deste planeta que está definitivamente em rota de colisão com a vida. Deus meu! Até onde vai a irracionalidade do homem!
Beijinhos, Zé! Prossegue nos teus intentos. Bem hajas!

amigona avó e a neta princesa disse...

Mais um crime Zé,mais um crime...desta vez contra animais...o pior é que o grande capital não se importa de estar a hipotecar o futuro do próprio Homem...quanto à tua pergunta no meu canto acho Zé que a morte era capaz de ser bom demais para quem comete crimes daqueles...sinceramente não sei! devia ter um castigo parecido...eu que não faço mal a uma mosca era capaz de pensar nesta pessoas sofrendo, sofrendo, até passarem pelo mesmo que fizeram sofrer a estas pobres crianças! Beijo...

Um Momento disse...

Tristes realidades...
Mas nada podemos fazer não é meu Amigo?

E agora te deixo Mimos , de mim para ti, com ternura e Amizade, o teu o guardei no meu coração com muito carinho,
Obrigada !
Bem Hajas

Noite serena desejo

(*)

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

O homem predador caça indiscriminadamente!!!!

Esquece-se que um dia não terá mais presas...

Bjks!!!!

Belisa disse...

É pena que assim aconteça!
Não conhecia a notícia e gostei de saber!

Beijos estrelados

Jose Gonçalves disse...

Sophiamar

Os interesses económicos sobrepõem-se a tudo e todos e por eles os grandes senhores são capazes de cometer as maiores atrocidades, mesmo pondo em perigo a continuidade das espécies.
A sede de glória e luxúria cega os homens.
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Amigona avó

O homem ainda não percebeu que o maior crime que anda a cometer é contra si próprio.
Um dia pagará por tudo isto.
Quanto à pergunta que lhe fiz, vezes sem conta a faço a mim próprio.
Sim ou não à pena de morte?
Seria ou não, eu capaz de matar?
Difícil a resposta, mas acho que em casos destes eu responderia: SIM!
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

É exactamente isso que penso.
Um dia o caçador passará a caçado.... e será tarde demais...
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Belisa

Pois esta noticia correu em Portugal muito recentemente.
É uma vergonha o que se continua a fazer sob a capa da investigação científica....
Um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Um momento

Essa é uma grande verdade, nada podemos fazer, nem mesmo levantando a voz conseguimos atenuar estes atentados.
Grato pelos Mimos e transporta contigo o que te ofereço com muito gosto.
Um beijinho
José Gonçalves