quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

SE TU SOUBESSES!


Se tu soubesses como foi difícil encontrar-te!

Se tu soubesses como foi difícil a conquista!

Se tu soubesses como foi bom namorar-te!

Se tu soubesses como foram difíceis as separações!

Se tu soubesses como foram difíceis as ausências!

Se tu soubesses como saboreei as reconciliações!

Se tu soubesses como têm sido bons os namoros de hoje!

Se tu soubesses como devoro cada momento contigo!

Se tu soubesses como é bom seres a mãe que és!

Se tu soubesses como é bom adormecer ao teu lado!

Se tu soubesses como é bom ter-te ao alcance da mão!

Se tu soubesses como é bom acariciar-te a pele entre lençóis!

Se tu soubesses como é bom enroscar-me no teu corpo!

Se tu soubesses como a vida é tão bonita ao teu lado!

Se tu soubesses como gosto de envelhecer contigo!

Se tu soubesses....

José Gonçalves

13 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Que linda, linda declaração de AMOR!!!
parabéns a quem assim AMA e a quem é assim AMADO!!!!

Amigo José Gonçalves, deixo-lhe uma "fita" no meu cantinho...para quando e se quiser...
Bjkas, Amigo!!!

Sophiamar disse...

Se tu soubesses como me orgulho em ter-te como amigo.
Se tu soubesses como eu gosto de te ler.
Se tu soubesses como eu gosto de te saber um homem apaixonado.

Parabéns, Zé Gonçalves pelo poema lindo que fizeste à tua mulher.
Parabéns , Lídia, pelo maridão que contigo partilha a vida.
Parabéns meninos, meninas pelo paizão e avô babado que têm ao vosso lado.

Beijinhossss

Bom Natal!

São disse...

Parabéns para ti e para a Lídia, meu amigo!
Bom Natal e um 2008 muito melhor do que 2007!

elvira carvalho disse...

Que linda decleração feita poema, ou que lindo poema feito declaração de amor.
Que Deus os conserve assim juntos e felizes, até ao último dia das vossas vidas.
Um abraço

Maria disse...

Ontem nem passei por aqui. Ontem foi um dia, uma noite, NÃO. Está a passar.
O dia de hoje ainda não foi SIM, mas vai melhorar.
Melhorou um bocadinho com este belíssimo poema que acabei de ler.
Se tu soubesses como me fez bem ler-te.....
Se tu soubesses como eu acho esse amor vosso tão lindo.....

Beijos aos dois

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

Não fui eu. Foi o coração a falar. Claro que assim foi fácil.
Já lá fui buscar a FITA, ou melhor as FITAS.
Beijinhos
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Sophiamamr

Se tu soubesses como és importante!
Se tu soubesses como te admiro!
Se tu soubesses como torço por vocês!
Se tu soubesses como valorizo as tuas palavras e as tuas histórias!
E eu sei que sabes, por isso te deixo um abração de agradecimento por todos os incentivos, pela palavra certa no momento certo, pela mulher que és, por tudo, muito obrigado.
Eu vivo um amor e uma paixão sem limites que tento mostrar a minha mulher todos os dias.
Provavelmente será esse o nosso segredo, porque também ela vive "agarradinha" a mim, e isso é bom.
Deixo-te um beijinho
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Olá São

Obrigado pelas tuas palavras.
Votos de um Santo e Feliz Natal também para ti e todos os teus.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Boa noite Elvira

Não sei se é poema se é declaração, mas de uma coisa estou certo, é amor, é paixão.
Obrigado pelas suas palavras e que o espírito de Natal vos abençoe a todos.
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Maria

Se tu soubesses como o amanhã vai ser diferente!
Se tu soubesses como vale a pena sorrir!
Se tu soubesses como é bom acreditar!
Tudo isso irá passar. Todos nós temos um ou dois dias NÃO. Para os compensar virão os dias SIM, vais ver e tudo te parecerá simples.
Um beijinho de amizade
José Gonçalves

Brancamar disse...

Eu nem posso acreditar que na voracidade do tempo e não conseguindo por vezes acompanhar a tua pedalada, tenha deixado escapar este bonito poema ou declaração, o que lhe quiseres chamar. Para mim é um poema, com uma expressividade muito forte. Muito belo! Parabéns pela escrita e pelos sentimentos. Parabéns aos dois pela eterna Primavera...que ela perdure sempre.
Beijinhos

Jose Gonçalves disse...

Brancamar

Deixei passar este teu comentário a estas simples palavras que dediquei a minha mulher.
São sentidas e sinceras e vivemos realmente um amor que será eterno, espero.
Um grande beijinho.
José Gonçalves

Filoxera disse...

Que lindo, esse amor e a forma dedicada de o viver. Que continuem a saboreá-lo e a servir de exemplo para os descendentes.
Depois lerei a filigrana, agora vim, numa passagem breve, passear pelo passado do seu blogue.
Beijinhos.