quinta-feira, 1 de novembro de 2007

BAJA ACP REPSOL PORTALEGRE 500 - 2007

No passado mês de Outubro, nos dias 18/19/20/21 realizou-se mais uma Baja Todo-o-terreno por terras alentejanas. A prova já teve várias denominações, a deste ano foi intitulada Baja ACP Repsol Portalegre 500 – 2007, mas tem sempre a mesma qualidade e interesse para os amantes do desporto automóvel.

Há mais de 20 anos que Portugal utiliza as melhores e mais competitivas pistas alentejanas, para organizar a mais tradicional prova de TT da Península Ibérica. de T.T. A sua qualidade e competitividade está confirmada pelas inúmeras “estrelas” que nela já participaram.

Desde o seu início devo ter falhado dois ou três anos a ir até um troço do percurso para assistir ao vivo a esta prova de todo-o-terreno. Este ano foi um dos que falhei. Mas com encontrei um pequeno filme que mostra o local exacto onde costumo ir ver passar a prova, aqui o deixo.

É chamado o Ribeiro na zona das piscinas, na Comenda, freguesia do Gavião.

Pelas imagens, os amantes desta modalidade, facilmente se aperceberão do entusiasmo que é assistir ali ao desenrolar dos acontecimentos. É um dia bem passado, começando logo pela manhã cerca das 8h00m e regressando a casa lá pelas 18/19 horas depois da maioria dos concorrentes ter passado. Um espectáculo.

José Gonçalves

12 comentários:

Maria disse...

Há muitos anos ia para o Alentejo ver os campeonatos de moto-cross..... Dava-me um gozo enorme...
Nem sei se ainda se fazem por lá...
Agora costumo ver tudo de TT que passa pelo estádio nacional...

Bom feriado
Beijo

Jose Gonçalves disse...

Ainda se faz muito moto-cross pelo Alentejo. Algumas provas até são não oficiais.
Esta é bem oficial e já vai na 21ª edição. Sempre com sucesso.
Um bom feriado e um abraço
José Gonçalves

elvira carvalho disse...

Lamento decepcioná-lo, mas não sou grande amante destes desportos. A mim apaixonam-me os desportos que dependem única e exclusivamente do homem. Atletismo, natação, salto á vara, em comprimento, etc. etc. Tirando estes também gosto imenso do ciclismo, mas este também porque não tem motor.
Bom feriado
Um abraço

Brancamar disse...

Obrigada pelo filme que aqui nos deixou.Bela prova e belas prespectivas do espaço natural,do nosso Alentejo. Muito interessante!Fez-me recordar outras provas de TT e moto-cross que já não vejo desde a juventude.
Parabéns pela vasta produção de textos destes dias.Li os dois anteriores já de madrugada.Volto ainda hoje para lhes fazer o meu comentário.
Um bom feriado
Beijinhos

aramis disse...

Meu querido Amigo,
Peço-te imensa desculpa pela minha ausencia, mas aconteçe que ando extremamente ocupada com a Conferencia de S.Vicente de Paulo.
Vem aí a nossa Venda de Natal e tenho de andar a "sacar" coisas para vender nas fábricas de Alcobaça, junto dos nossos comerciantes e também junto da população.
Além disto está na forja um outro evento do qual te darei conhecimento em breve e que me tem tirado ( e vai continuar a tirar) muito tempo até ao Natal).
Para nós, agora é a altura de fazermos como a formiga - armazenar o mais possivel para depois termos durante o ano...
Vou voltando aos bocadinhos!
Muitos beijinhos para todos vós e obrigada pela tua preocupação.

Jose Gonçalves disse...

Elvira

Entendo perfeitamente que não goste muito deste tipo de desporto.
Sei que gosta mais de desportos não poluentes e que dependem essencialmente do homem.
Mas eu por acaso, adora o desporto automóvel e outros também, até porque fui atleta do meu Benfica. Neste caso, este desporto não depende essencialmente do homem, mas ele tem uma quota parte muito apreciável na sua efectivação.
Não podemos ser todos iguais e gostar-mos todos do mesmo, senão o mundo tomba.
Um grande abraço e um bom inicio de fim de semana.
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Brancamar

Quando vamos para o Alentejo assistir a esta e outras provas do género, não o fazemos apenas por gostar-mos do desporto automóvel.
Fazê-mo-lo também porque passamos um dia maravilhoso por entre as paisagens lindíssimas desta nossa província.
Obrigado pelas suas palavras simpáticas que não mereço.
Um bom início de semana
Um abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Aramis

Ainda bem minha amiga que o motivo da tua ausência se deve ao muito trabalho que tens nesta época do ano, e não por qualquer outro motivo menos atraente.
A propósito de eventos, fico à espera desses que me queres dar notícia, mas por acaso tenho andado para te falar num, que me anda a fervilhar na cabeça há muitos anos. Se calhar em conjunto, talvez o pudesse-mos por em prática.
Quando te lembrares e tiveres um bocadinho, havemos de falar.
Um abraço, bom trabalho e se precisares de ajuda é só pedir, ok?
José Gonçalves

Sophiamar disse...

E eu tive oportunidade de assistir, por acaso, no ano anterior. Apaixonada pelo Alentejo, desde tenra idade, passo muitos dias por ano nesta região de cantares dolentes, gente afável,iguarias irresistíveis...

Beijinhosss

Jose Gonçalves disse...

Aramis disse
Querido Amigo,
E... se calhar vamos mesmo precisar da vossa ajuda, dentro de umas duas semanas!
Obrigada pela tua disponibilidade, é sempre bom ver corações abertos quando se trata de actividades de solidariedade!
Muitos beijinhos

Jose Gonçalves disse...

Sophiamar

Neste últimos anos que tenho assistido a estas provas, em todos eles temos afirmado que este será o último. A verdade é que não o conseguimos fazer. Todos os anos lá vamos porque o Alentejo é uma paixão e um estado de alma. Infelizmente, este ano não estivemos presente, mas por razões que nos impediram de ir, porque senão lá teríamos estado na mesma.
Um grande abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Aramis

Dispõe que nós sempre que pudermos lá estaremos para ajudar.
Quero pedir-te desculpa pelo teu comentário aparecer assim, mas como deves calcular vinha com uma gralha que emendei.
Sei que compreendes, mas mesmo assim não quis deixar de colocá-lo aqui desta maneira. Aliás vou telefonar-te pois sei que me pedis-te um telefone.
Um abraço e uma beijoca
José Gonçalves