terça-feira, 24 de junho de 2008

ORA VIVAM MEUS AMIGOS!

*

Elvira Carvalho

Sophiamar

Brancamar

Amigona avó e neta princesa

Maria

Aramis

Maria Faia

Filoxera

Menina do Rio

Joaninha

Carminda Pinho

São

Big River

São Martinho do Porto

Vieira Calado

Geo

Fernanda & Poemas

Belisa

Momentos

Entrelinhas

Rakel

Fátima

Angel of Ligth

Lisa’s Mau Feitio

Carlos Alberto Videira

Dalinha

Maria Clarinda

Laura

Alice Matos

Renata Maria Parreira Cordeiro

Azul

Funny

Carla do Palavras em desalinho

Salvador Vaz de Silva

( Que me perdoem se me esqueço de alguém)

*

A todos aqueles, com quem cruzei comentários.

A todos aqueles, que passaram neste ano inicial no meu blog.

A todos aqueles, que mesmo depois de ter suspenso o “PorEntreMonteseVales” cá vêm deixar os vossos comentários.

A todos aqueles, que mesmo não me visitando nos últimos tempos não deixaram de me marcar de forma muito agradável.

A todos aqueles, que episodicamente me visitaram.

A todos vocês, que são parte importante do meu diário recente.

A todos vocês, amigos que não esquecerei, venho dizer-vos que esta vida vale a pena, que a amizade não é uma palavra vã, que a solidariedade não se afastou dos homens e mulheres, que continuo a acreditar que foi bom ter-vos conhecido, que os nossos caminhos não deixarão de se cruzar.

Mas agora amigos, agora preciso de estar em silêncio, de exorcizar os meus fantasmas, de ser eu próprio, de encontrar o caminho e a clarividência que necessito para estar de bem com a vida, em paz e muita reflexão.

Porque continuo a receber as vossas mensagens de apoio e amizade, resolvi quebrar pontualmente esta minha ausência, para vos agradecer do fundo do coração as palavras carinhosas com que me têm brindado.

Quando suspendi o meu espaço, disse que não seria uma despedida mas antes um até um dia destes.

Espero sinceramente que esse dia chegue por muitas razões.

Pelo reatamento do nosso convívio e pelo que esse regresso representará para mim.

Obrigado amigos, obrigado por tudo! Esquecê-los será difícil!

António Inglês

15 comentários:

Filoxera disse...

Nós também não o esquecemos. E esperamos que o reencontro aconteça, quando for oportuno. Que as coisas se resolvam da melhor forma o quanto antes.
Até sempre!
Beijinhos.

Um Momento disse...

Meu Amigo...
Estou e tenho estado eu também em "pausa"( de comentários) embora nada tenha dito...
Há alturas em que realmente temos que parar um pouco para restablecer "forças",e meditar um pouco sobre tudo ou quase tudo.
Momentos valiosos para nós , pois precisamos "descansar" um pouco a nossa mente,o nosso estado de espirito.
Uma coisa é certa: estamos cá,nos bons e menos bons momentos,e aquele sentir, a Amizade ,a convivencia, a partilha... jamais serão esquecidas.
O meu muito obrigado por fazeres parte destes meus dias ,destes momentos.
Não "desapareças"...é a única coisa que peço, pois já deves saber que gosto muito da tua "companhia":)

Um abraço forte e...até ja:))))))

(*)

Sophiamar disse...

António, Amigo!

Fiquei muito satisfeita com o que acabo de ver. Um post a interromper a suspensão que, espero, não seja por muitos meses. No que a mim me diz respeito, agradeço as tuas palavras,e agradecê-las-ei sempre.A blogosfera tem o poder de congregar as pessoas e aqui encontrei a amizade, o respeito, o apoio incondicional em todas as circunstâncias. Descansa o tempo que necessitares, não te violentes, não deixes de fazer aquilo que te traz a serenidade que precisas neste momento. Eu aqui estarei contigo mas comentarei mais espaçadamente.
Hoje, deixo-te um abraço apertado e mil beijinhos.
Tem uma excelente semana.
Saúde. Desejo-te o melhor para ti e teus familiares.

Sabel

Fatima disse...

Um abraço António.

Joaninha disse...

E nós continuaremos a passar por aqui, até que um dia volte ;)
Até já!

amigona avó e a neta princesa disse...

Muito obrigada António...ficarei à espera...mil felicidades...

elvira carvalho disse...

Depois de terminar o comentário diz que não está disponível? Nem sei se entrou ou não.
Volto amanhã
Um abraço

Carminda Pinho disse...

Eu também não o esqueço António.
E quando a vida permitir que volte, espero cá estar juntamente com os muitos amigos que por aqui fez para felicitar o seu regresso.
Gente, que é gente como você, faz falta neste meio em que gosto de me encontrar.
Tudo irá correr bem na sua vida, e em breve voltaremos a encontrar-nos.
Até logo!
Beijos

elvira carvalho disse...

Já vi que entrou o segundo. O primeiro não. Como porém era apenas o reiterar do que lhe disse no msn, não vale a pena repetir.
Fico aguardando com saudades a sua volta.
Tudo de bom para si e sua família.
Um abraço

Menina do Rio disse...

A cada momento, o seu tempo. A pausa é necessária; é como o repouso.
Sabes que as portas estarão sempre abertas e há sempre um café quentinho
Fica bem meu amigo, pois haverão outros momentos

Um beijo
:)

elvira carvalho disse...

Vim deixar um abraço. E votos de um bom dia.

Brancamar disse...

Ora viva António,
Que partida me pregaste. Eu a pensar que não se passavanada aqui, que o absoluto silêncio ainda existia e eis que hoje venho cá ver a tua casita e ela já estava mexida.
Então um beijinho e claro que a amizade não é palavra vã.
O meu sítio é que parece que está silencioso, não me apetece mexer-lhe muito, pregou-se-me uma preguiça! Mas, vou andando por onde posso, por exemplo aqui...contigo.
Tudo de bom
Beijinhos
Branca

Geo disse...

Olá António! Demorei a visitar-lhe, estava de férias, e cheguei aqui a ver sua despedida...

Meu amigo, que assim considero muito, aqui do outro lado do oceano há alguém que o admira e que se tornou alguém melhor ao lhe conhecer, nessa blogosfera colhi muito frutos, conhecimento, carinho, verdade, sonhos, mas o melhor de todos a 'amizade'...esta que tenho por ti, além do enorme carinho...compreendo vossa necessidade de se ausentar, todos precisamos de um tempo, mas, é claro, que farei parte da torcida para seu retono.

Desejo que encontre o que procuras e que volte para nos contar o que encontrou.

Um grande Beijo, fiquei com Deus meu amigo! Sentirei saudades...

Geo

Carlos Alberto Videira disse...

caro amigo

de facto nem reparei na sua ausência... porque também eu estive suspenso devido à época de exames que exigiu de mim algum esforço suplementar.

mas ainda bem que voltou

Maria disse...

É bom voltar de férias e (re)encontrar-te aqui a falar connosco...
Vou ler-te, por aí acima...

Até já
Beijo, António